Notícias

31
Out/19

LEM: vereador pergunta Cad o Hospital prefeito?



Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Luís Eduardo Magalhães, do dia 29 de outubro, o secretário municipal de Saúde foi surpreendido por cobranças durante a sua apresentação referente ao Novembro Azul.

No dia 28 de março de 2019, o prefeito Oziel Oliveira acompanhado do secretário de Saúde, Felipe Melhem e da equipe de governo, se reuniu com os vereadores do município para apresentar o projeto do Hospital Municipal de Luís Eduardo Magalhães. A apresentação foi realizada pela arquiteta da secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, Rafaela Zílio. Logo no dia seguinte, 29/03, o secretário foi com prefeito pedir o voto dos vereadores para contrair um empréstimo de R$34 milhões para a construção do novo Hospital Municipal.

O fato é que nessa reunião, onde estavam presentes o secretário Felipe Melhem e o prefeito Oziel Oliveira, Melhem afirmou para os vereadores de oposição que se hospital não fosse iniciado até 31/10/2019 ele entregaria o cargo, fato confirmado em sessão do último dia 29 pelo vereador Silvano Santos. O secretário municipal de saúde negou a afirmação no dia 29 de outubro e disse que “é difícil dar prazo definido por questões burocráticas”.

A promessa se repete - “A história da construção desse hospital já não transmiti credibilidade a população. Ele prometeu no primeiro mandato, prometeu no segundo mandato e agora vem com a mesma promessa novamente pela terceira vez”, diz o vereador Nei Villares (PP).

“Tenho dúvidas é com relação ao funcionamento do Hospital. Se esse hospital realmente for construído dessa vez, o prefeito ainda não explicou como ele vai funcionar; todos sabem que o custeio de um hospital é algo muito caro. O Hospital não vai funcionar apenas com promessas vazias”, disse o vereador.

“A outra dúvida é com relação ao investimento de R$30 milhões que ele disse que será feito pelo Estado para a compra de equipamentos. Este valor é fruto de que? Na época ele afirmou que ‘o projeto da construção do hospital foi articulado com o Governo do Estado, com a participação efetiva da deputada estadual Jusmari Oliveira e o direcionamento da Secretaria Estadual de Saúde’. Esse ‘articulado com o Governo do Estado’ quer dizer o que?”, perguntou o vereador Nei.

“O prefeito ainda precisa explicar muita coisa sobre esse Hospital. Não adianta fazer como foi feito com o Centro Administrativo que está aí pra todo mundo ver: uma obra caríssima inacabada e sendo comida pelo tempo. É dinheiro do povo jogado fora. Começou e nunca acabou”, cobrou o vereador progressista. “Eu realmente quero que este Hospital seja construído. Já passou da hora de uma cidade do porte de Luís Eduardo ter um bom Hospital municipal”, concluiu o vereador Nei Villares.

Fonte:Veja Politica
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades