Notícias

17
Out/13

Secretrio da Administrao Penitenciria do estado participa de audincia em Barreiras


O secretário Nestor Duarte. "Barreiras terá o seu presídio, mas LEM não será esquecido"

Na noite de ontem, quarta-feira, 16, foi realizada na câmara de vereadores em Barreiras, uma audiência pública com o secretário da Administração Penitenciária e Ressocialização, Nestor Duarte. O assunto foi o presídio regional em Barreiras.

Na audiência os vereadores presentes tiveram a oportunidade de sabatinar o secretário. Cada vereador fez suas perguntas e expôs suas observações e necessidades na área prisional em Barreiras e na oeste da Bahia; além de outras necessidades junto ao governo do estado.

Estiveram presentes na audiência pública, diversas autoridades políticas, civis, militares e religiosa. Marcaram presença o Comandante do 10º BPM, Coronel Osival Moreira, o Tenente Coronel Salomão, responsável pela PM de toda região Oeste, o prefeito de Barreiras Antônio Henrique, o vice-prefeito Paê Barbosa, a primeira dama e também secretária de Ação Social, Antônia Pedrosa, o bispo de Barreiras, Dom Josafá Menezes, o delegado Arnaldo Monte, a presidente da OAB Barreiras, além de várias outras autoridades.


Autoridades presentes

Houve uma grande polêmica durante a audiência, onde muito se questionou o que se ouvia nas ruas, se o presídio iria ser construído em Barreiras ou Luís Eduardo Magalhães? Quando seria o início das obras? Qual o recurso financeiro utilizado? Além de muitos outros questionamentos.

No fim, o secretário Nestor Duarte, respondeu aos vários questionamentos feitos, onde relatou que: “Primeiramente o presídio regional, será construído em Barreiras com recursos próprios do estado que serão financiados, pois se esperar vir verba federal. Poderá demorar, pois existe uma grande burocracia, licitação, e isso demora. Primeiramente será construído em Barreiras e posteriormente poderá ser construído no município de Luís Eduardo Magalhães”.

Nestor relatou que é melhor construir nos dois municípios do que construir dois presídios somente em Barreiras, pois a demanda de Luís Eduardo Magalhães também é grande.


Autoridades presentes

Questionado na audiência pelo prazo da obra, o secretário preferiu não estipular prazo, porém, disse que será o mais rápido possível, onde a perspectiva é que aconteça ainda na gestão do governador Jaques Wagner, que finda em 2014.

Por fim, na plenária, houve cidadãos que em momentos aplaudiram e momentos que se manifestaram insatisfação, mas a ordem e decência prevaleceram. Alguns presentes exibiram cartazes reivindicando mais segurança.

É esperar, para ver se o presídio regional realmente aconteça como o esperado.


O recado foi dado

Fonte:Reprter Jadiel Luiz/Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades