Notícias

06
Out/18

Justia Eleitoral determina Lei Seca no primeiro turno das eleies 2018 em LEM

Uma portaria conjunta do juiz Eleitoral da Zona 205ª Claudemir da Silva Pereira, e da Promotora Dra. Stella Athanázio de Oliveira Matos, baixada no último dia primeiro determina que a partir das 23h deste sábado, 06, até às 22h desde domingo, 07, Lei Seca em todo território da cidade de Luís Eduardo Magalhães.

De acordo com o juiz e da promotora da 205ª Zona Eleitoral, Claudemir da Silva, a proibição de venda e distribuição de bebidas alcoólicas começa a vigorar a partir de 23h de hoje (6) até às 22h deste domingo, 07 dia das eleições, ou seja, cinco hora após o encerramento das eleições em 1º turno.
“Os juízes eleitorais decidiram pela Lei Seca nestas eleições e nós Polícia Civil, estamos aqui pra fazer valer a decisão e vamos fazer, proibindo a venda e o fornecimento de bebida alcoólica a partir da data determinada, pois sabemos que uma decisão como essa tem o sentido de garantir o controle dos ânimos e a ordem pública no decorrer do pleito eleitoral. E as pessoas que descumprirem a portaria, estarão sujeitas às penalidades previstas”, ressaltou o Delegado Titular de Luís Eduardo Magalhães, Dr. Leonardo Almeida.

A fiscalização do cumprimento da Lei Seca nas eleições deste ano na cidade seja no perímetro urbano ou rural será feita por todos que compõe as forças de segurança, pela Polícias Civil, Militar 85 CIPM e Cipe Cerrado, além da Guarda Civil Municipal. Ainda de acordo com Dr. Almeida, inicialmente o trabalho foi de orientação aos donos de bares e similares.
“O trabalho das forças de segurança a partir das 23h deste sábado, 06, e amanha domingo, 07, será voltado à fiscalização. As nossas equipes já foram orientadas a sempre que possível manter contato com os comerciantes passando orientações e sobre os horários estipulado para o cumprimento da Lei Seca. Se algum comerciante ou terceiros for flagrado infringindo determinação da justiça essa pessoa será levada para a delegacia e o estabelecimento será fechado”; Finalizou o delegado Leonardo Almeida.

Fonte: Reportagem de Naldo Vilares/Blog do Sigivilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades