Blog do Sigi Vilares - 7 Anos


 
 

Notícias

16
Abr/18

Alguém da secretaria de saúde de Barreiras leia esse relato, por favor

Olá meu caro Sigi Vilares;

Venho aqui fazer um desabafo. Sou uma jovem que há alguns anos sofre de TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada).

Explicando por alto o que é essa doença; o transtorno da ansiedade generalizada (TAG), segundo o manual de classificação de doenças mentais (DSM.IV), é um distúrbio caracterizado pela “preocupação excessiva ou expectativa apreensiva”, persistente e de difícil controle, que perdura por seis meses no mínimo e vem acompanhado por três ou mais dos seguintes sintomas: inquietação, fadiga, irritabilidade, dificuldade de concentração, tensão muscular e perturbação do sono. É mais ou menos isso, mas no meu caso é muito mais intenso e complicado.

Pois bem, já tem um tempo que venho lutando contra essa doença, pra isso fui atrás de ajuda, mas infelizmente descobri o quanto não somos levados a sério. O governo faz tanta propaganda, campanhas falando sobre depressão, outra doença que anda junto com o transtorno de ansiedade. Vejo essas campanhas contra o suicídio, mas me pergunto o que adianta? Se na realidade não temos ajuda pra pelo menos fazer um tratamento continuo.

Tratamento esse que se for pelo particular é muito caro, e além do mais, a maioria dos profissionais só visam o dinheiro, não tem um pingo de sensibilidade com o paciente, claro que tem as excessões. Ai se você não tem como fazer no particular, vamos para o SUS, onde aqui em Barreiras, existe um psiquiatra somente para atender a população inteira... Um especialista para atender todos o tipos de doenças psicológicas, isso mesmo.

Passei quase 1 ano lutando para conseguir um retorno com esse médico, procurei ajuda em vários lugares, cheguei ao ponto de pensar em desistir da minha vida, pois Sigi, não é fácil viver com essa doença, que afeta não só o Psicólogo, mas o corpo, a vida, a alma, é uma dor latente que é difícil lidar e ter forças para continuar.

Me pergunto quantas pessoas passam por essa mesma situação que eu, que não tem coragem de falar, que não tem forças pra lutar?

Ai é onde acontecem os casos de jovens, adultos que tiram a própria vida para se livrar da angústia e da dor insuportável que é viver com esses tipos de doença. Para se conseguir ajudar é preciso persistir muito, ir bater em várias portas, mesmo sem forças, mesmo despedaçados.

Não estou aqui para criticar, quero apenas fazer um alerta ao poder público, para que olhe por essas pessoas, que possam ser criados planos de tratamentos para essas doenças, assim como existem pra outros tipos. Que não deixem chegar ao ponto de tirarmos nossas vidas por falta de ajuda ou conhecimento.

Eu, graças a Deus, tive forças de levantar e ir atrás pedir ajuda, e essas pessoas que não tem mais a quem recorrer? Infelizmente falando com palavras reais, vão amarrar a cordinha na viga e se matar.

Graças a pessoas de coração, hoje consegui a ajuda que há tempos venho atrás, tenho que agradecer por isso, pois para mim é uma vitória.

Não vou citar nomes. Precisava fazer esse desabafo, sei que pra muitos não tem importância alguma, mas eu sei que existe várias pessoas que precisam de ajuda e que estão passando pelo mesmo que eu.

Obrigada desde já querido amigo Sigi Vilares.

Por gentileza não me indentifique

Fonte: Blog do Sigi Vilares/Participação do Internauta
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades