Notícias

20
Jun/13

De forma pacfica, manifestantes tomam as ruas de LEM


A concentração começou por volta das 17h na praça Ayrton Senna

O grupo de manifestantes se reuniu, por volta de 17h,  na praça Ayrton Senna, no bairro Santa Cruz, de onde partiu por volta das 18h sentido Avenida Enedino Alves Paixão.


Os caras pintadas voltaram



Na altura do posto 90 os manifestantes pararam e cantaram em uma só voz o hino nacional brasileiro.


Os jovens participaram ativamente da manifestação


Manifestantes

Logo em seguida, os manifestantes, sempre de forma pacífica, foram para frente da Prefeitura Municipal, passando pela BR 242 que ficou interditada por cerca de cinco minutos.


Eles deram o recado

Os pedidos de um país justo, sem miséria e corrupção continuaram por cerca de 30 minutos em frente ao centro administrativo.


Pra rua LEM

A rua Paraíba, no centro da cidade, também foi tomada pelo grupo que seguiu parando os cruzamentos com as ruas José Cardoso, Clériston de Andrade, Rui Barbosa e Castro Alves.



Em frente a Praça Sergio Alvim Mota mais uma vez o hino nacional ecoou, em símbolo de protesto todos os manifestantes sentaram no chão.



Seguindo pela rua Paraná, centro, sentido BR 242, foi a vez do Colégio Estadual Mimoso do Oeste (CEMO) servir de palco para que o hino nacional brasileiro fosse cantado mais uma vez em forma de apoio ao país.



Os cruzamentos mais uma vez foram interditados.



No fim, novamente a Prefeitura Municipal foi o palco dos manifestantes encerrando-se assim os protestos com discursos, aplausos e esperança de uma Luís Eduardo Magalhães melhor.


Sentados entoando o hino nacional


De acordo com organização do evento cerca de 500 pessoas aderiram ao movimento.


A polícia militar não teve trabalho

A polícia militar acampanhou a manifestação que ocorreu de forma pacífica e sem transtornos.

Fonte:Reprter Nei Vilares/Rdio Cultura/Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades