Notícias

27
Abr/13

Explorao do Tlio discutida em audincia pblica na Cmara de Barreiras


A tribuna. Fotos: Jadiel Luiz/Blog do Sigi Vilares


Plenário lotado

Na manhã deste sábado, 27, foi realizada na câmara municipal de Barreiras, uma audiência pública sobre a exploração do Tálio.

A audiência pública contou com a presença do presidente da empresa Itaoeste Serviços e Participações, Olacyr Francisco de Moraes, paulista de Itápolis, além de engenheiros especialistas em minérios da empresa para explanar a descoberta, o projeto e estudos do Tálio em Barreiras, um marco inédito no Brasil.



A Itaoeste, empresa de pesquisa e desenvolvimento mineral com atuação em São Paulo, Piauí e Bahia, informou que identificação de tálio no Brasil revela-se inédita por ser a primeira no mundo associada ao manganês e cobalto em ambiente geológico continental e surpreende também por sua magnitude. Afinal, a reserva total de tálio metálico é superior a 60 milhões de gramas, podendo abastecer o mundo por seis anos, tendo como base o consumo atual de 10 milhões de gramas por ano. Em 2010, o grama de tálio foi cotado a US$ 6.

Além de Barreiras, o metal tálio só existe em dois lugares no mundo, na China e no Cazaquistão, o que torna uma riqueza muito grande no solo do município.


Deputada Kelly Magalhães presidiu a audiência

A audiência contou na tribuna com autoridades importantes no meio da sociedade, dentre eles: Além do presidente da Itaoeste Olacyr Moraes, a deputada estadual Kelly Magalhães, que presidiu a audiência, o deputado federal Oziel Oliveira, o deputado federal João Leão, o promotor de justiça de Barreiras Eduardo Bittencourt, o bispo da igreja católica Dom Josafá Menezes da Silva, o presidente da câmara de vereadores, Carlos Tito, além de outros.

O plenário da câmara ficou lotado de cidadãos barreirenses de todas as classes sociais, além de proprietários das chácaras onde existe a jazida do tálio, professores de faculdade, alunos e de vereadores.


Engenheiro da empresa Itaoeste

Quem abriu os discursos explanando a descoberta foi o presidente da empresa, Olacyr Moraes, seguido do engenheiro de minério da empresa, onde explicou a importância e utilização do metal na vida humana.

O engenheiro mostrou através de slides que o tálio é empregado na produção de leds e em aparelhos para a detecção de raios gama e infravermelhos. Compostos de tálio podem estar presentes, também, em lentes e células fotoelétricas. O sulfato de tálio, que muda a condutividade elétrica ao ser exposto à luz infravermelha, está bem presente nessa área.

O óxido de tálio tem aplicações na produção de vidros com índice de refração muito alto. Além disso, pesquisas com o tálio estão sendo desenvolvidas para desenvolver materiais supercondutores em elevadas temperaturas para aplicações como imagem de ressonância magnética, armazenamento da energia magnética, propulsão magnética, geração de energia elétrica e transmissão.

O metal é raro, caro e tóxico, mas tem várias aplicações importantes na indústria energética.


Deputado Oziel Oliveira


Bispo Dom Josafá


Deputado Federal João Leão


Prefeito Antonio Henrique

Outras autoridades políticas discursaram como o prefeito de Barreiras Antônio Henrique, o deputado federal João Leão, o deputado federal Oziel Oliveira, além do bispo Dom Josafá.

Nesta audiência, houve algumas críticas e questionamentos sobre a forma de exploração do tálio em Barreiras. Como a preocupação de prejudicar os moradores nas chácaras onde existem as jazidas, bem como, a contaminação do Rio de Ondas, um dos principais rios do município e que abastece a população.


Promotor Eduardo Bittencourt

Dentre os questionamentos, o promotor público Eduardo Bittencourt, entre outros da sociedade, pediu mais clareza em relação ao assunto por parte da empresa Itaoeste.

Agora é aguardar é aguardar o desenrolar da exploração deste metal inédito no Brasil, para saber se isto realmente de fato trará somente benefícios e retornos à população ou trará prejuízos, danos, apenas para arrancar o metal e exportar com intuito somente de lucro.

Fonte:Reprter Jadiel Luiz/Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades