Notícias

16
Abr/13

Carroceiro perde burro e carroa em aposta, ganhador se comove e devolve animal


O burro voltou para as mãos do seu dono


Piquira ao lado de Uquinha, no momento em que devolvia o burro


Equipe Moraes


O burro, Borracha (cavalo vencedor) Piquira, Uquinha com a esposa e filha


Batista fez uma doação ao carroceiro


O mesmo fez o empresário Fernando

Na tarde do último domingo, 14, aconteceu o desafio “Troféu contra Borracha”. Uma corrida de cavalos que aconteceu no bairro Jardim das Oliveiras, na cidade de LEM.

De um lado, a equipe Moraes com o cavalo Borracha. Do outro lado, a equipe do cavalo Troféu.

A corrida movimentou os amantes do esporte que puderam inclusive fazer suas apostas.

Entre os que sonhavam com um belo prêmio, caso acertasse a aposta, estava o carroceiro Carlos André Miranda, de 19 anos, conhecido por ‘Uquinha’.

‘Uquinha’ se empolgou e apostou o seu burro e sua carroça em uma vitória do cavalo Troféu. “Pensei se eu ganhasse poderia levantar uma boa grana para ajudar no sustento em casa”, contou o carroceiro.

Porém, após a corrida veio a decepção: O cavalo Borracha ganhou o desafio. Carlos André perdeu o seu ganha pão. Adeus carroça, adeus burrinho. Uquinha voltou para casa, triste e chateado com a situação.

Na segunda-feira, 15, o carroceiro não trabalhou, pois não tinha carroça nem o burro.

Surpresa

Mas, a vida resolver dar mais uma chance ao carroceiro, que é casado e pai de uma linda garotinha. Na manhã desta terça-feira, 16, a equipe Moraes, dos irmãos Damião Moraes e Cosme Moraes, esteve juntamente com José Marques da Silva, o ‘Piquira’, que montou o cavalo Borracha e venceu a corrida.

‘Piquira’ se comoveu com a situação do carroceiro que passa por dificuldades e resolveu devolver o burro. “Eu iria vender o burro por R$ 700, Eu iria ajuntar para comprar uma moto, mas vi a situação do Uquinha e achei por bem devolver o burro”, contou ele.

Comoção


A história do carroceiro, que passava por dificuldades e que resolveu jogar tudo o que tinha em uma aposta para tentar algo melhor, comoveu três empresários da cidade. Fernando da Grupo Espírito Santo, Juarez de Souza e Batista das Casas Baiana. O primeiro doou uma cesta básica, o mesmo do segundo e o terceiro empresário doou uma cama e um colchão para a filha do carroceiro.

O empresário Batista disse ainda que vai patrocinar a equipe Moraes.

“Estamos felizes com esse final. Nosso próximo passo será ajudar o nosso competidor Piquira. Ele ainda não aceitou nenhum tipo de ajuda, mas vamos encontrar um jeito de também ajudá-lo”, disse Damião Moraes.

"Eu agradeço a todos que me ajudaram a comprar outra carroça e ao Piquira que me devolveu o burro e ainda aos empresários que me ajudaram. Muito obrigado", agradeceu Uquinha.

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades