Notícias

21
Mar/14

Acusado de aplicar golpe em loja de tintas em LEM preso pela PM


O homem acusado de aplicar o golpe foi levado para a delegacia, mas depois liberado após acordo

A Polícia Militar conduziu a delegacia de polícia de LEM na tarde de ontem, quinta-feira, 20, um indivíduo acusado de praticar golpes em uma loja de tintas na cidade.

De acordo informações, o golpista fez três compras na loja usando nomes de outros clientes, enganando assim os vendedores da loja.

Ele ligava na loja se passando por cliente, fazia o pedido pelo telefone, recebia o material e é claro não pagava, pois a compra não estava nem em seu nome.


Funcionário da empresa sendo socorrido pelo SAMU

Ontem, na quarta vez que o meliante tentou dar mais uma vez o golpe, ele foi pego pela polícia.

O golpista ligou para um vendedor da loja, pedindo que ele fosse até um restaurante que o mesmo pagaria todo o dinheiro que ele devia a loja.

Assim que o vendedor chegou, o golpista propôs ao representante da loja que fossem no carro dele buscar o dinheiro. No meio do percurso, na Rua JK, na altura do Jardim Paraíso, o vendedor da loja temendo por sua vida pulou do veículo em movimento. Ele acabou se ferindo, sendo socorrido depois pelo SAMU e conduzido para a UPA.

O golpista fugiu do local, mas uma guarnição comandada por Chacal Alves empreendeu perseguição e conseguiu efetuar a prisão do mesmo.


PM Chacal Alves foi quem efetuou a prisão do acusado

Ele foi conduzido para a delegacia de polícia, mas acabou não ficando preso. O dono da loja fez um acordo para receber a dívida e não representou contra o golpista.

A polícia alerta os comerciantes para os diversos golpes ocorridos na praça. “É muito importante o comerciante ficar atento. Vender pelo telefone requer muita cautela. Esse sujeito usava nomes de clientes bons da loja, clientes de confiança, para poder praticar o golpe. É preciso desconfiar sempre”, aconselha o policial militar Chacal Alves.

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades