Blog do Sigi Vilares - 7 Anos


 
 
Destaques
publicidade
classificados
+ ver todos
  Curta nossa pagína
  Publicidades
notícias
13
Mai/14

Carro furtado na UNEB noticiado Blog Sigi Vilares é recuperado pela Polícia Militar


O veículo recuperado pela polícia militar

O carro furtado no pátio da faculdade UNEB de Barreiras, no início da noite de ontem, segunda-feira, 12, caso noticiado por este blog, foi recuperado no final desta manhã de terça-feira, 13, por duas equipes da Polícia Militar da CETO e ROCAM do 10º BPM.

As equipes da PM encontraram o carro furtado abandonado num matagal no bairro Alphaville.

O veículo foi ncaminhado para o complexo policial e entregue ao proprietário.

Fonte:Repórter Jadiel Luiz/Blog do Sigi Vilares
()
13
Mai/14

Ofertas Imperdíveis na PRIMAVIA

.

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Você de casa nova na Casa Campos

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Preso que participaria de audiência foge algemado do Fórum da Comarca de LEM


As polícias militar e civil vistoriaram residências próximas ao Fórum






Os lotes vazios também foram vistoriados, mas nada do fugitivo

Na tarde desta terça-feira, 13, o homicida Danilo Evangelista de Santana fugiu algemado de dentro do Fórum da Comarca de Luís Eduardo Magalhães, enquanto aguardava em uma sala, a sua vez de participar de uma audiência.

Mesmo algemado, o criminoso conseguir fugir pelos fundos do prédio do Fórum. Danilo participa de uma serie de audiências com outros cinco colegas.

Ao perceber a fuga, as polícias militar e civil realizaram buscas em residências e lotes vazios nas imediações do Fórum, porém até o fechamento desta matéria o criminoso ainda não havia sido recapturado.

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
13
Mai/14

Oferta de Emprego

A Monitronics dispõe de 04 (quatro) vagas para trabalhar com instalações de Segurança em geral (Cercas Elétricas, Câmeras, Alarme, Fechaduras, etc.):

Vagas:

02 Técnicos (com experiência)

02 Auxiliar Técnico (sem experiência)

·       Idade: entre 18 a 28 anos

·       Sexo: Masculino

·       Habilitação: AB (Obrigatório)

·       Ter experiência em direção de carro e moto

·       Disponibilidade para viajar

·       2º grau completo

·       Ser responsável e ter boas referências

Os interessados devem enviar currículo para o e-mail: [email protected]

Fonte:Informe publicitário
()
13
Mai/14

Segunda edição da FELEM alcança 95% de stands reservados



A segunda edição da Feira de Entretenimento e Negócios de Luís Eduardo Magalhães (FELEM) que acontece entre os dias 27 e 31 de maio está com 95% dos espaços reservados. A procura pelos últimos stands disponíveis deve aumentar ao longo desta semana, explica a secretária de Indústria, Comércio e Serviços do município, Rosangela Della Costa. “A tendência é que até o final dessa semana já tenhamos todos os espaços ocupados” comenta, lembrando que associados da Associação Comercial e Empresarial (ACELEM), da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e Empreendedores Individuais (EI) têm desconto na aquisição de seus stands.

O complexo da feira que este ano terá 6.800 m² está em processo de montagem junto a Praça dos Três Poderes no bairro Jardim Imperial. A expectativa é que mais de 30 mil pessoas visitem a feira nos cinco dias de programação. Em 2013, a FELEM contou com 86 espaços para expositores e gerou quase R$ 2 milhões em negócios. Com o aumento no número de estandes a Secretaria de Indústria e Comércio projeta um aumento no volume de negócios durante os dias de feira. O faturamento diário da primeira edição superou a marca de R$ 4 mil por estande e mais de 23 mil visitantes durante os cinco dias de evento.

 O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães, Carlinhos Pierozan acredita que o aumento estrutural da feira além de atrair uma maior visibilidade para a feira atinge um número maior de comerciantes.  “Quando lançamos a primeira edição, tínhamos certeza que seria um sucesso. Hoje podemos dizer com absoluta propriedade que o empresário de nossa cidade pensa em longo prazo e tem condições de competitividade muito maiores que no passado. A procura pelos stands esse ano é uma amostra desse potencial”, defende.

 A segunda edição da FELEM é uma realização da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, com apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (ACELEM) e apoio da Caixa Econômica Federal, Governo da Bahia, Governo Federal e Câmara dos Dirigentes Lojistas de Luís Eduardo Magalhães (CDL-LEM).

Fonte:ASCOM, prefeitura de LEM
()
13
Mai/14

Coleção de Inverno na Teen Malhas

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

A casa que você procura está aqui!

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Semáforo com problemas no centro de Barreiras, informa internauta

Boa tarde Sigi, sou motociclista e há mais de dois meses o semáforo do cruzamento da Rua Barão de Cotegipe com a Capitão Manoel Miranda em Barreiras, está sem funcionar, causando assim transtorno.

Isso é uma vergonha.Sugiro que a sua equipe vá lá para confirmação e publique no seu site e ver se o órgão responsável toma providências.

Att Midian

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Participação do internauta: [email protected] ou Whatsapp 77 9810-9920
()
13
Mai/14

Homem é morto a tiros em João Dourado

Na noite de ontem, segunda-feira, 12, precisamente na comunidade de Sertão Bonito, município de João Dourado, Elenildo Alves da Silva,36 anos, foi assassinado com vários tiros.

Segundo informações de familiares, Elenildo estava próximo a sua residência quando foi surpreendido por diversos disparos de arma de fogo.

De acordo com a polícia, foram cerca de 15 tiros, sendo que quatro acertaram a vítima que morreu no local.

O delegado Dr° Paulo Ribeiro responsável pela investigação apura o caso. Há indícios fortes de uma vingança.

O corpo de Elenildo foi encaminhado para o IML de Irecê para ser feita a necropsia.

Fonte:Do correspondente do Blog do Sigi Vilares em Irecê, repórter Luciano Castro
()
13
Mai/14

Internauta reclama de esgoto no centro de LEM


Que situação!

Venho por meio deste solicitar um pouco de atenção para nós cidadãos de LEM. A questão e sobre um esgoto ao qual esta sendo jogado na rua Paraná, Quadra 127, Centro.

Pois já tem mais de 15 dias que liguei na infraestrutura de nossa cidade, e não foi só uma vez, eu e vários vizinhos, e até agora o problema não foi resolvido. Você liga na infraestrutura quem te atende diz que é problema da prefeitura, liga na prefeitura dizem que o problema é da infraestrutura, fazem o cidadão de palhaço.

E o esgoto continua ali em frente de nossas casas. Como não conseguimos resolver o problema na infraestrutura, prefeitura, não sei quem é o responsável por isso, pois um fica jogando para o outro, é uma falta de competência tão grande! Resolvemos mandar um e-mail, quem sabe alguém toma uma providencia.

Pois com o crescimento de nossa cidade a cada dia, se este tipo de coisa e muitas outras as quais estão acontecendo continuar,não sei onde iremos parar,estamos perdidos!

Outra coisa em frente a escolinha Carequinha na mesma rua foi feito um quebra-molas,onde não há nenhuma sinalização, já houve 4 acidentes, inclusive um hoje 13-05-2014, onde os cidadãos passam,como não veem  o mesmo, acabam caindo,ou quebrando seus carros. Não é possível que diante de tantos impostos cobrados,os responsáveis não tem recursos suficientes para efetuarem a sinalização de um simples quebra-molas, será que vão esperar que alguém morra,para tomarem alguma providencia?

É uma vergonha diante do tamanho de nossa cidade, o cidadão ter que vir reclamar pelos meios de comunicação para problemas simples serem resolvidos!

Agradeço a atenção Sigi,um abraço.

Att. Cidadão Indignado

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Participação do internauta: [email protected] ou Whatsapp 77 9810-9920
()
13
Mai/14

Moldura Minuto

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Em Roda Velha conte com a DIMEDCS

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Jota Alves: Onerosidade na rede pública de educação

Há algum tempo venho acompanhando a polêmica em torno das cobranças de taxas e aquisição de materiais pagos imposta aos alunos da rede pública de ensino. Em universidades, colégios, escolas e até mesmo em creches é possível notar este tipo de prática. São os profissionais da educação tentando suprir a ausência do Estado com recursos dos próprios alunos.
Notadamente se percebem diversas falhas no sistema educacional brasileiro.

Problemas como a falta de materiais básicos, até mesmo cadeiras e mesas, salas de aulas em péssimo estado de conservação, falta de qualificação da mão de obra empregada, baixa remuneração dos profissionais, e até mesmo o avanço de série por alunos que ainda não estão capacitados, entre outros fatores, colocam o Brasil em uma situação desconfortável se comparado a outros países.

Recentemente foi divulgado um estudo onde os brasileiros ficaram em 38° lugar entre estudantes de 44 países em um exame de solução de problemas matemáticos feito pela Organização para a Cooperação de Desenvolvimento Econômico – OCDE. Enquanto os jovens de outros países que participaram da avaliação tiveram média de 500 pontos, os brasileiros atingiram em média apenas 428. O estudo mostra ainda que 47,3% dos nossos estudantes tiveram baixo desempenho e apenas 1,8% conseguiram solucionar questões mais complexas de matemática.

Outro estudo aponta que quase 40% dos universitários do país têm alguma dificuldade com leitura, escrita e interpretação de textos. Este ainda aponta que 38% dos que têm ou estão cursando um curso de graduação não possuem alfabetização plena, isto é, têm dificuldades para lidar com textos e cálculos mais longos. De acordo com especialistas, o ideal seria ter alunos com 100% de alfabetização plena a partir do ensino médio.

Toda essa defasagem, somada com a ausência de uma política eficaz, e a falta de investimento estatal, faz com que professores, diretores e os demais profissionais da educação, preocupados realmente com toda esta situação, tomem medidas “desesperadas”, visando melhorar a qualidade do ensino. Para isso, desenvolvem projetos pagos dentro de instituições públicas. Associações de pais e mestres, eventos comemorativos e para diversão, materiais didáticos e de higiene, e até mesmo a reforma, manutenção e benfeitorias nas instituições acabam sendo pagas de forma direta pelos profissionais, pais e alunos. Esta conta o Estado não assume, restando a sociedade pagar “duas vezes” para ter o mínimo de qualidade nas escolas, colégios e universidades públicas. Isto não seria um problema se tivéssemos uma sociedade equilibrada e não tivéssemos uma distribuição de renda tão desigual.

Durante uma edição do programa Mundial Notícias, na Rádio Mundial FM, fiquei comovido com o relato de uma avó, afirmando que nas primeiras quartas-feiras de cada mês já não permitia mais que seus netos fossem à escola, pois nestes dias aconteciam eventos para a diversão da criançada. Brinquedos, alimentação diferenciada, tudo instalado pra fazer a diversão da garotada, até aí tudo bem, mas, para brincar e comer, o aluno era obrigado a pagar, e pela falta de dinheiro ela estava se vendo forçada a manter seus netos em casa para não envergonhá-los.

A boa intenção dos profissionais da educação deve ser reconhecida, mas infelizmente, o que pode ser visto como uma melhora na qualidade de ensino e vida destes alunos pode também ser compreendida como ferramenta de discriminação e isolamento, podendo gerar graves consequências para os discentes.  Não participar, por falta de dinheiro, de um evento que acontece dentro de um ambiente que é considerado como a sua “segunda casa”, pode fazer o aluno se sentir envergonhada, humilhado e discriminado por sua condição.

Uma alternativa seria criar uma espécie de fundo para custear as despesas relativas aos alunos pertencentes a famílias que não possuem renda no período, colocando a disposição destes a possibilidade de apresentarem uma declaração de insuficiência de recursos, como acontece na realização de concursos públicos, e assim, inseri-los de forma indiscriminada nas atividades ou eventos pagos que a instituição promover, bem como, desobrigá-los de pagar por materiais de uso ou aquisição obrigatória.

A atenção devida a situações assim é fundamental para a real melhoria do ensino. A educação pode ser considerada a melhor ferramenta para promoção social, portanto, mesmo com o Estado ausente, deve ser obrigação de todos melhorá-la.

No entanto, qualquer ação deve ser criteriosamente estudada, pois geralmente quem procura uma instituição pública é porque detém de pouco ou nenhum recurso para bancar os estudos, qualquer cobrança em dinheiro poderá por em situação vexatória, pais, responsáveis e alunos com baixa renda.

Jota Alves
Radialista – Apresentador do Programa Mundial Notícias na Rádio Mundial FM e Colunista do Blog do Sigi Vilares.

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Colunistas
()
13
Mai/14

Pr. Adejarlan Ramos: A ética do pós dever e as decisões morais à luz da Bíblia

Sem duvida alguma a nossa sociedade  pós moderna tem sido denominada de a sociedade do prazer e do bem estar. Mas quais são os impactos desta sociedade sobre a ética, uma vez a nossa sociedade procura se desvencilhar-se dos valores da modernidade e sob os seus escombros quer reconstruir uma nova ética não mais pautada no dever e nas obrigações?

Gilles Lipovetsky, pensador francês, trata do assunto no aspecto epistemológico e sociológico em suas obras: Crepúsculo do dever: a ética indolor dos novos tempos democráticos (1994). Nesta obra o escritor francês descreve o ethos contemporâneo e faz uma reflexão filosófica sobre na qual propõe o que ele chama de “ética indolor”, que é mais suave, destituída de imperativos e da noção do dever, ancorada em valores narcisistas e hedonistas.

Segundo Harvey, geógrafo de orientação marxista e autor do livro A condição pós moderna “ a experiência do tempo e do espaço se transformou, a confiança na associação entre juízos científicos e morais ruiu, a estética triunfou sobre a ética como foco primário de preocupação intelectual e social, as imagens dominaram as narrativas, a efemeridade e a fragmentação assumiram precedência sobre verdades eternas e sobre politica unificada”.

Assim na nossa sociedade contemporânea regras e normas morais não são aceitas a não ser as que são importantes para a realização pessoal. É isto que proporciona o  pensamento pós moderno de que a verdade de um único sistema que estabeleça um conjunto de verdades cede lugar a uma variedade de verdades e sistemas abertos. Isso explicaria então a crise e os desajustes geral.
 
Gilles Lipovetsky afirma que estamos na época do pós dever e até  o mal é espetacularizado e transformado em atrativo e o ideal é subestimado. A nossa era então entrará para a historia como o crepúsculo do dever.
   
Diante disto Lipovestky propõe as éticas inteligentes, que se caracterizam por um voltar para o atendimento das necessidades concretas do homem do que para a designação dos desígnios abstrastos.

Concordo com os aspectos descritivos de Lipovestky da sociedade contemporânea, mui especialmente os aspectos éticos mas discordo dos seus aspectos normativos, pois é típico do discurso da pós modernidade afinados com o humanismo anticristão.

Há muitos que pensam que se tenho um compromisso religioso para que preciso de uma ética? Se pratico o amor que mais se pode desejar? Sei que existe várias questões envolvidas, pois a questão da ética é debatida desde os primeiros filósofos da antiguidade. Até mesmo a teologia vem debatendo estas questões. Não é à toa que existe a Teologia Moral, uma disciplina que procura abordar a moral do ponto de vista teológico.

Dentre as contribuições da Biblia para a moral destacamos: a base teológica de nossas obrigações morais; a relação da moral com os propósitos de Deus na criação; os princípios da justiça, do amor que descrevem o caráter de Deus e deve caracterizar o nosso; a lei moral de Deus em diversas áreas da vida humana; o amor de Deus e a gratidão pelas suas misericórdias procedem a motivação e a dinâmica de toda a vida moral e os ideais e promessas do reino de Deus, que Cristo veio estabelecer, primeiramente em nossos corações e vidas e depois no mundo.

A Biblia mostra-nos que há uma lei moral escrita na natureza humana. Há uma moral baseada na criação, basta ler Mt. 19.4-12; Mc. 7.18-23; I Tm. 4.1-5; Tg. 3.9. Utilizar textos do Antigo Testamento para tentar desvirtuar a moral cristã é demonstrar desconhecimento da Teologia do Antigo Testamento e da Teologia Histórica (que posso tratar em uma outra oportunidade). Portanto, ao tomarmos decisões morais a Bíblia deve ser considerada.

Pr. Adejarlan Ramos
Vice-presidente da Assembleia de Deus (CGADB) em Barreiras


Fonte:Blog do Sigi Vilares/Colunistas
()
13
Mai/14

Direto do Rio de Janeiro para LEM

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Mega Promoção na Cerrado Pneus

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Venha morar bem em LEM

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Vão esperar alguém morrer atropelado?, indaga internauta


Assim não pode!

Venho por meio deste denunciar o que tem acontecido todos os dias na Avenida Enedino Alves da Paixão, saída para Brasília, ao lado da BR 020. Os caminhões ficam estacionados na beira na rua sendo que não possuem espaço para estacionamento, sem nenhuma organização, não contramão, trancando a rua, podendo provocar acidentes.

Aonde estão os agentes de transito desta cidade SUTRANS, qual e a função deles.....Vão esperar alguém morrer atropelado?

Att. Cidadão Indignado

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Participação do internauta: [email protected] ou Whatsapp 77 9810-9920
()
13
Mai/14

Venha conhecer a Casa do Escritório


Rua Paraíba, 426







Venha conhecer a CASA DO ESCRITÓRIO, na Rua Paraíba,, centro de LEM. Fones: 77 3639-0650 e 9963-4647.

Visite também o nosso site www.casadoescritorioba.com.br - email: [email protected]

Venha nos fazer uma visita. Estamos lhe esperando.

Fonte:Informe publicitário
()
13
Mai/14

O que está acontecendo com o trânsito de LEM?

O trânsito é um espaço de convivência social, mas não sabemos com quem nos relacionamos, seu nome, de onde vem, somos
desconhecidos,vivemos entre anônimos, com uma necessidade comum que é transitar e chegar aos nossos destinos sãos e salvos, numa negociação constante pelo uso desse espaço, onde ninguém é dono da rua.

No trânsito, interagimos com todo tipo de pessoas com características distintas entre si, em termos motivacionais, culturais, religiosos, socioeconômicos e educacionais. Esses são fatores próprios da diversidade humana que impactam na relação social das pessoas umas com as outras e muitas vezes trazem prejuízos ao seu bem-estar físico e psíquico.

O trânsito tem a ver com a ação de ocupar o espaço público, e é um espaço de convivência e de interação social constante na vida das pessoas. Contudo estamos vivendo em  sociedade desigual, hierarquizada, competitiva, individualista, carente
de valores éticos como a solidariedade, gentileza, respeito mútuo, sem a plena vivência da cidadania.

Se quisermos acabar com a violência no trânsito de Luis Eduardo Magalhães, temos que mudar nossas atitudes quando estivermos fazendo parte deste espaço tão democrático que é o trânsito.

Att. Jeová Santos

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Participação do internauta: [email protected]
()
13
Mai/14

Vagas de emprego

Estamos ofertando 03 vagas de emprego para eletricista e mecânico de automóveis em geral, com experiência na área e gostaria de postar no seu blog.

VAGAS:

02 ELETRECISTA DE AUTOMÓVEIS
01 MECÂNICO AUTOMÓVEIS

Os interessados devem comparecer no hospital das baterias, Av.: Enedino Alves da Paixão 3614, próximo a buritis veículos falar com Girlei.

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
13
Mai/14

Conte com o PAFIR

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

Academia é GOLDEN!

Fonte:Publicidade
()
13
Mai/14

OFERTA DE EMPREGO

Precisa-se de uma atendente e uma auxiliar de cozinha para período noturno. Precisa-se de uma auxiliar de cozinha para o período vespertino.

Entregar  currículo na Churrascaria Mimosão, na BR 242, setor industrial de LEM.

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()