Notícias

07
Ago/13

APAE de LEM protesta contra novo Plano de Educao do MEC


O vice-prefeito Marcos Alecrim recebeu dos alunos da APAE uma carta aberta as autoridades e a população. Fotos: Claudio Foleto

A Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Luís Eduardo Magalhães aderiu à manifestação nacional que visa impedir a votação do novo Plano de Educação do Ministério da Educação (MEC) no Congresso Nacional. O MEC, quer retirar do Plano Nacional de Educação as escolas que prestam serviço as crianças com necessidades especiais e transferir a função para o município.


A APAE finalizou a manifestação em frente ao Centro Administrattivo

A manifestação teve início na Praça Alvim Motta e finalizou em frente ao Centro Administrativo, na tarde desta quarta-feira, 07. O vice-prefeito Marcos Alecrim participou do movimento. “Vamos mobilizar deputados Federais e Senadores para que rejeitem essa ação. O governo municipal apoia a inclusão social e irá defender a APAE”, afirmou.

Para a organizadora da mobilização e diretora da APAE em Luís Eduardo Magalhães, Gilianna Bonissoni, as famílias devem ter a opção do local que irão matricular seu ente especial. “Hoje todos municípios do Brasil que tem APAE estão mobilizados. Devemos melhorar a formação e escolarização dessas pessoas, a sociedade e o país não estão preparados para essa mudança brusca. O aluno dessa maneira será excluído”, disse a diretora.


A diretora da APAE, Gilianna Bonissoni, agradeceu ao vice-prefeito pelo apoio e mobilização perante as pessoas com necessidades especiais

A diretora conversou com o vice-prefeito e explicou a situação da APAE no município, os 50 anos de luta e trabalho no Brasil e abordou a importância da entidade que trabalha atualmente com 170 alunos especiais no município. Este ano a APAE completa 10 anos de atuação em Luís Eduardo Magalhães.

Fonte:ASCOM, prefeitura de LEM
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades