Notícias

07
Ago/13

CETO/PELOPES prende trs e apreende grande quantidade de munies, armas e droga


As armas, as munições, a droga, o dinheiro e os celulares apreendidos com o trio


A moto que estava em poder do trio

Policiais Militares da Companhia de Emprego Tático Operacional do Pelotão Especial (CETO PELOPES), com as guarnições 1060 e 1061, prenderam em flagrante, na madrugada desta quarta-feira, 7, por volta de 02h, na Avenida Ilhéus, no Loteamento Rio Grande, em Barreiras, três pessoas por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

De acordo com informações da PM, a prisão ocorreu durante uma ronda pelo bairro. Os policiais avistaram em atitude suspeita, Bruno Pereira da Silva, 30 anos, Jailton Nascimento Ferreira, 21 anos e Jane Carla Alves Nascimento, 36 anos.

Em poder do trio, os policiais apreenderam uma motocicleta Honda CG, uma barra prensada de maconha com cerca de 2 quilos, quatro armas de fogo, sendo um revolver calibre 38, um revolver calibre 22, um revolver calibre 32 e uma pistola calibre 380; além de 113 munições intactas, sendo 31 munições de pistola calibre 380, 50 munições de revolver calibre 22, 16 munições de revolver calibre 38 e seis munições de revolver calibre 22.

Ainda foram encontrados com o trio, sete celulares, duas câmeras digitais, vários extratos bancários de diversos depósitos feitos na conta de Jane Carla, com valores em torno de R$ 1.200,00 a R$ 1.500,00. Os policiais apreenderam ainda a quantia de R$ 4.483.

As quatro armas de fogo, as 113 munições, o dinheiro, os sete celulares, as duas câmeras digitais e o trio foram conduzidos para o complexo policial, onde ficaram a disposição da justiça e poderão responder por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

Liberados - No final desta manhã de quarta-feira, 07, foram liberados Jailton Nascimento Ferreira, 21 anos e Jane Carla Alves Nascimento, 36 anos pós serem ouvidos pelo delegado Folgassa, onde a autoria das armas de fogo, munições e o tráfico de droga, foram assumidos por Bruno Pereira da Silva, 30 anos.

Segundo Bruno, sua esposa e enteado, não sabiam do envolvimento dele com o tráfico de drogas e o delegado entendeu que o filho Jailton e a mãe Jane Carla, não eram culpados.

Fonte:Reprter Jadiel Luiz/Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades