Notícias

29
Jul/13

Dr. Mrio Machado: "Obrigado pela visita"

É amigo Francisco, sua viagem chegou ao fim. Você fará falta, seja pela sua simplicidade, seja pela maneira direta e objetiva que falou a todos. Não apontastes o dedo para ninguém, mas falastes verdades límpidas, claras e transparentes que acertaram em cheio corações e mentes.

Por incrível que pareça você não falou só para os católicos, você falou para todos, você falou para o mundo inteiro te ouvir, do alto de sua autoridade, como homem, não como representante de igreja ou líder político.

Uma semana foi pouco, mas como foi rica. Quantos aprenderam contigo. E, por incrível que pareça, muitas das tuas palavras foram escritas há mais de 2 mil anos, estão ai em todas as bíblias: Ide e fazei discípulos; Amai-vos uns aos outros. Verdades tão duras e tão simples, assim como você.

Quando você chegou disse que queria bater a porta dos corações e entrar, pois bem, você bateu, a porta se abriu e você entrou, e provavelmente jamais sairá. Também dissestes: “Não tenho ouro nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo!” Alguém quer credencial maior do que esta?

Você chegou já com gosto de saudade que fica quando alguém muito querido irrompe a soleira de nossas casas e que passa só para tomar um café ou uma água, o que aliás você bem disse que gostaria de visitar todas as casas, pedir licença, entrar, tomar um cafezinho. Você entrou! A sua maneira, por força da TV, da internet. Recebemos você em nossas casas em nossos corações e gostaríamos que não mais saísse.

Lamentavelmente o tempo foi curto e não houve oportunidade de você ouvir todos os males que nos afligem e todas as mazelas que enfrentamos. Mas tudo bem, afinal você disse que em 2017 voltaria né? Estaremos te esperando, com o coração aberto.

Não pedistes nada demais, só que rezássemos por ti. Que assim seja!

Os teus discursos são condizentes com teus atos e isso é mais importante do que um rosário de palavras frias e sem sentido. Mostrastes quem eras e para o que veio e não nos desapontou. Dois momentos me chamaram a atenção, quando na praia de Copacabana pedistes um momento de silencio pela menina que havia morrido a caminho da jornada, na praia nem um pio, até o vento silenciou em respeito a ti. O outro foi quando pedistes orações pelos 242 jovens que morreram em Santa Maria, quando aparentemente ninguém mais falava sobre esta tragédia. Obrigado amigo, precisávamos ouvir isso!

Por fim quero dizer que sua visita foi um prazer, uma honra e um privilégio para poucos, alguma coisa de aproximadamente 200 milhões de pessoas.

Obrigado pela visita, serás sempre bem vindo. Que Deus o acompanhe em sua jornada, hoje e sempre!

ESTA É A MINHA OPINIÃO!!
[email protected]

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades