Notícias

14
Jan/22

Diretora da RETRAN explica motivo das filas e estuda realizar mutiro para agilizar demanda

A diretora da RETRAN de LEM, Renata Faedo, concedeu entrevista ao nosso repórter Weslei Santos e explicou o motivo das enormes filas dos últimos dias em frente ao órgão localizado no bairro Jardim Imperial, próximo a Praça dos Três Poderes. 

A RETRAN está funcionando no novo endereço desde 20 de Dezembro do ano passado. O Governo do Estado reduziu o horário de atendimento de 7h30 até as 13h30 sem pausa para o almoço, e só receberá atendimento quem  tomou as duas doses da vacina contra a COVID-19 mediante comprovante de vacinação. 

Segundo Renata Faedo, essa é uma das causas em que muitos moradores não conseguem atendimento no local, por que não estão vacinados ou completamente vacinados com as duas doses. A grande demanda, poucos funcionários e poucos equipamentos como computadores tem sido a principal dificuldade para o atendimento na cidade. São distribuídas 10 senhas para quem tirou laudo em auto escola e só precisa fazer a foto, 30 senhas para habilitação com a realização da foto e 20 senhas para veículo, transferência e emplacamento.

"Mesmo com poucos funcionários procuramos proporcionar o melhor atendimento aos munícipes. A grande demanda devido os dias em que estivemos parados por causa da mudança, a espera do nosso sistema, é de pessoas que tiraram o laudo em auto escola, por isso,  estou estudando para fazer um mutirão na próxima semana e estaremos avisando toda população", contou Renata.

Fonte:Da redao do Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades