Destaques
publicidade
classificados
+ ver todos
  Buscar Notícias
  Curta nossa pagína
  Publicidades
notícias
21
Jun/24

Vagas de Emprego para LEM

Empresa no Ramo de Ótica:
Vendedora
- Ensino médio completo;
- Experiência com vendas (se tiver experiência no ramo de ótica será um diferencial);
- Boa comunicação;
- Informática básica;

Empresa no Ramo de Panificadora:
Padeiro
- Experiência;
- Disponibilidade para trabalhar a noite;

Empresa no Ramo de Confecções infantis:
Vendedora
- Ensino médio completo;
- Experiência com vendas;
- Boa comunicação;

Empresa no Ramo de Clube:
Agente de Portaria
- Ensino médio completo;
- Informática básica;
- Experiência com atendimento ao público;
- Disponibilidade para jornada 12x16;

Empresa no Ramo de Comunicação Visual:
Vendedor
- Ensino médio completo;
- Informática básica;
- Experiência com atendimento ao público;

Empresa no Ramo Bancário:
Analista de Atendimento
- Ensino médio completo;
- Informática básica;
- Com experiência em vendas;

Empresa no Ramo de Construtora:
Ajudante de Pedreiro
- Com experiência;

Empresa no Ramo de Móveis e Eletrodomésticos:
Serviços Gerais
- Ensino médio completo;
- Boa comunicação;
- com ou sem experiência;

Empresa no Ramo de Confecções (Femina):
Vendedora
- Ensino médio completo;
- Boa comunicação;
- Disponibilidade de horário;
- Com experiência;

Empresa no Ramo de Restaurante:
Saladeira
- Com ou sem experiência;
- Horário das 07:00 as 13:00

Serviços Gerais
- Com ou sem experiência;
- Horário das 07:00 as 13:00

Empresa no Ramo de Clínica Veterinária:
Recepcionista
- Ensino Médio Completo;
- Com ou sem experiência;
- Informática básica;
- Disponibilidade de horário;
- Boa Comunicação;

Empresa no Ramo de Máquinas Agrícolas:
Auxiliar de estoque
- Ensino Médio Completo;
- Com ou sem experiência;

Empresa no Ramo de Imobiliária:
Auxiliar de Escritório
- Habilitação (A/B);
- Ensino Médio Completo;
- Informática básica;

Empresa no Ramo de Gráfica:
Design Gráfico
- Com curso ou conhecimento em Corel Draw;

Empresa no Ramo de Material de construção:
Ajudante de Entrega
- Com ou sem experiência;

Empresa no Ramo de Auto Peças:
Estoquista
- Com ou sem experiência;
- Ensino médio completo;
- Conhecimento em informática;

Empresa no Ramo de Confecções:
02 vagas para Vendas
- Ensino médio completo;
- Com ou sem experiência;
- Informática básica;

Empresa no Ramo de Móveis e Eletrodomésticos:
Gerente Comercial
- Com experiência;
- Ensino médio completo;
- Informática básica;

Vendas
- Com experiência;
- Ensino médio completo;
- Informática básica;

Empresa no Ramo de Concessionária:
Faturamento
- Com experiência;
- Ensino médio completo;
- Informática básica;

Empresa no Ramo de Escola de Cursos:
Auxiliar Administrativo
- Ensino médio completo;
- Com experiência;
- Conhecimento no pacote office;

Empresa no Ramo de Panificadora:
Padeiro
- Disponibilidade de horário (13:30 as 20:30);
- Com experiência;

Auxiliar de Padeiro
- Disponibilidade de horário (13:30 as 20:30);
- Com ou sem experiência;

Empresa no Ramo de Serviços Financeiros:
02 vagas para Vendas
- Ensino médio completo;
- Com ou sem experiência;
- Facilidade para trabalhar com o público (Boa comunicação);
- Conhecimento no pacote office;

Empresa no Ramo de Escola de Idiomas:
Serviços Gerais/Monitora de Pátio
- Com ou sem experiência;

Auxiliar Administrativo Pedagógico
- Ensino médio completo;
- Informática básica;
- Com experiência em atendimento ao público;

Empresa no Ramo de Restaurante:
Atendente de restaurante
- Com ou sem experiência;
- Disponibilidade para trabalhar das 16:00 as 00:50.

Empresa no Ramo de Calçados Masculinos:
Vendedor
- Ensino Médio Completo;
- Habilidade com Informática Básica e Redes Sociais;
- Com ou Sem Experiência.

Interessados comparecer munido de currículo na Rua Pernambuco, em frente a Caixa Econômica Federal, nº 401, sala 1, 1º andar, Fone: (77) 9.9850-3073

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Ofertas de emprego
()
21
Jun/24

A Promoo de So Joo comeou na Referncia Cursos Profissionalizantes




Nesse mês Junino, aproveite a promoção da Referência Cursos Profissionalizantes. Fazendo sua inscrição em um dos nossos cursos até dia 20/06, você ganhará o curso de Auxiliar de Escritório com certificação garantida 🥇.

Não fique de fora e aproveite esse oportunidade, mais informações 77 9.9905-0094

Fonte:Informe Publicitrio
()
21
Jun/24

Novas ofertas da Man Agropet

Fonte:Publicidade
()
21
Jun/24

SP enquadrou 31 mil negros como traficantes em situaes similares a de brancos usurios


SP enquadrou 31 mil negros como traficantes em situações similares a de brancos usuários

Para a polícia de São Paulo, a diferença entre um traficante e um usuário de drogas pode estar na cor da pele. Ainda mais quando o acusado é flagrado com pequenas quantidades de maconha. Em razão disso, 31 mil pessoas pardas e pretas foram enquadradas como traficantes em situações similares àquelas em que brancos foram tratados como usuários.

Aqueles que são enquadrados por tráfico de drogas acabam autuados em flagrante e seguem presos pelo menos até a audiência de custódia, quando a Justiça pode decidir manter o réu preso ou colocá-lo em liberdade. Quando o caso é tratado como porte para consumo próprio, o acusado fica sujeito a penas alternativas.

O dado é de uma pesquisa do Centro de Estudos Raciais do Insper. O número é suficiente para lotar pelo menos 40 dos 43 Centros de Detenção Provisória (CDPs) masculinos existentes no estado de São Paulo. O sistema prisional para presos provisórios conta também com um CDP feminino, em Franco da Rocha, na região metropolitana da capital. Segundo dados desta semana da Secretaria de Administração Penitenciária, 40 deles estão com superlotação.

Autor do estudo, o pesquisador Daniel Duque analisou 3,5 milhões de boletins de ocorrência feitos de 2010 a 2020 pela polícia de São Paulo. Segundo ele, a possibilidade de enquadramento como traficante é 1,5% maior se o suspeito for preto ou pardo em relação ao que ocorre se ele for branco.

Duque afirma que a lei 11.343/2006, que deixou de punir os consumidores de drogas ilegais e aumentou a pena dos traficantes, acabou provocando um encarceramento em massa. A lei não prevê critérios objetivos para a classificação e o enquadramento depende exclusivamente da decisão do policial —julgamento no STF (Supremo Tribunal Federal) que pode definir quantidades, ao menos para porte de maconha, se arrasta desde 2015, voltou à pauta da corte nesta quinta (20) e deve ser retomado na próxima terça (25).

Para mostrar o impacto do racismo na decisão policial, Duque comparou casos em que os detidos tinham o mesmo gênero e grau de instrução e estavam com a mesma quantidade da mesma droga. “Existe um desafio neste tipo de pesquisa que é conseguir retirar os outros aspectos de cada caso para isolar o aspecto de raça e cor”, afirma.

A pesquisa mostra que esse componente racial é mais presente nos casos em que as pessoas são detidas com pequenas quantidades de drogas consideradas leves, principalmente a maconha. A diferença também é maior nos casos de substâncias sintéticas e lisérgicas. Nos casos que envolvem grandes quantidades e drogas como o crack e a cocaína, porém, o enquadramento tende a ser o mesmo.

Segundo Duque, outros fatores como grau de instrução também são determinantes para a polícia decidir quem é consumidor ou traficante. As pessoas com ensino médio completo ou nível superior são tratadas mais como usuários, enquanto aquelas com menor grau de instrução acabam sendo classificadas como criminosos, mesmo se as circunstâncias forem semelhantes.

Para o coordenador do centro, Michael França, colunista da Folha, o número confirma o problema e aponta para uma realidade ainda maior. “Se levar em conta que o acesso ao ensino superior não é o mesmo entre brancos e pretos e pardos, a gente vai encontrar outros aspectos desta diferença de tratamento”, explica.

Ele aponta ainda os impactos que essa diferença de enquadramento provoca na vida das pessoas. “Os pretos e pardos já têm um acesso pior ao mercado de trabalho, e a situação fica ainda mais complicada quando alguém é apontado como suspeito de ser traficante, mesmo que depois não seja condenado pelo crime”, diz.

Os dados também apontam para outros aspectos da diferença racial. Em localidades em que há maior proporção de negros em relação ao total da população, a diferença no enquadramento tende a ser menor. Também chamou a atenção dos pesquisadores que o critério racial tem maior impacto no enquadramento como traficantes entre 2014 e 2017, o período de maior crise econômica da década.

Ao longo do período, em torno de 80% das apreensões de drogas tiveram os envolvidos autuados por tráfico de drogas. Os números aumentaram ao longo do fim da década e chegaram a 84,3% em 2020. O número de pretos envolvidos nas ocorrências analisadas se manteve estável, na faixa de 7%, enquanto o de brancos caiu de 64,7% para 58,3% e o de pardos passou de 28% para 34,5%.

Por substâncias, a maconha é a substância apreendida em 65,2% dos casos de consumo e 36,3% de tráfico. A cocaína e o crack estão, respectivamente, em 22,3% e 10,9% dos enquadramentos em consumo e 37% e 24,1% de tráfico. Sintéticos e lisérgicos respondem por 1,5% em consumo e 2,6% em tráfico.

São Paulo foi o único estado a fornecer os dados para a pesquisa, apesar dos esforços, segundo os autores, para fazer um levantamento nacional sobre o assunto.

Fonte:Leonardo Fuhrmann/Folhapress
()
21
Jun/24

Vagas de emprego na Maurica

Interessados enviar currculo para o e-mail: [email protected] - [email protected]

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Ofertas de emprego
()
21
Jun/24

HOJE dia de PEIXE no TEMPERO NOVO 😋😋😋😋😋😋😋😋

Fonte:Publicidade
()
21
Jun/24

Vagas de emprego para Assistente Administrativo

3 vagas para Assistente Administrativo (De preferência que esteja cursando administrativo, contábeis ou áreas afins)

Interessados enviar currículo para o e-mail: [email protected]

Telefone: (77) 9.8814-6382

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Ofertas de emprego
()
21
Jun/24

Em LEM voc conta com a Churrascaria Mimoso. Aberta todos os dias

Fonte::Publicidade
()
21
Jun/24

LEM: confira os servios que vo funcionar na prxima segunda (24), feriado municipal de So Joo

A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, informa aos munícipes os serviços que estarão em funcionamento na próxima segunda-feira, dia 24 de junho, feriado municipal de São João.

As unidades de urgência e emergência, como o Centro de Parto Normal Vilma Ramos Guerra, o SAMU, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e o Hospital e Maternidade Dr. Gileno de Sá. O Centro de Apoio à Mulher (CAM), o Plantão Social, o POP RUA e o Conselho Tutelar funcionarão em escala de plantão.

Serviços funerários e de limpeza urbana, além da segurança pública, como a Guarda Civil Municipal (GCM), ROMU, GPA e a SUTRANS também estarão em funcionamento. As atividades voltam ao normal no dia seguinte, terça-feira, dia 25 de junho.

Confira o contato dos setores:

- Centro de Apoio à Mulher (CAM)
(77) 99952-7818;

- POP RUA
(77) 99988-3988;

- Plantão Social
(77) 9 9839-1770;

- Conselho Tutelar
(77) 9 9924-3736;

- SUTRANS
(77) 9 9963-0238;

- GCM 153/ (77) 3628-3862/ (77) 9 9802-9972;

- SAMU
(77) 99966-4146 / (77) 99941-0171 / (77) 99841-7377.

- Defesa Civil
(77) 3628- 9041.

Fonte:SECOM, Prefeitura de LEM
()
21
Jun/24

TJ-BA defere, em carter liminar, pedido de So Flix do Coribe para realizao de So Joo sem apresentao de certides

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) deferiu o pedido do município de São Félix do Coribe, em caráter liminar, para a realização do “São João da Bahia e demais festas juninas 2024” sob dispensa da apresentação de certidões de regularidade fiscal para a celebração do convênio de cooperação técnica e financeira referente aos festejos juninos deste ano.

O pedido de apresentação das certidões foi requisitado pela Secretaria de Turismo e da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Sufortur) para que fosse enviado recurso para a realização do festejo. De acordo com a cidade extremo oeste baiano, que foi representada pelo advogado Ademir Ismerim, o evento possui natureza social e visa promover a cultura, lazer, gerando emprego e renda ao município, “enquadrando-se nas exceções previstas no §3º do art. 25 da Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Relator do processo, o desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano enfatizou na decisão que vem “adotando posicionamento contrário ao pleito dos municípios baianos, considerando que os festejos juninos, embora tenham especial importância no contexto local, não se enquadram nas exceções previstas no §3º do art. 25 da Lei de Responsabilidade Fiscal, pois não se trata de ação de saúde, educação ou assistência social”.

No entanto, o magistrado reiterou que no entendimento da ampla maioria dos julgadores do Órgão Especial do TJ-BA, tem sido atribuída interpretação ampliativa desses conceitos, “de modo a reconhecer que os festejos juninos têm papel de destaque ao fomentar a cultura, possuindo intuito educativo e de melhoria social dos municípios baianos, sobretudo para aqueles de pequeno porte e que o São João é considerando uma festa tradicional, sem desconsiderar o incremento nas oportunidades de trabalho e ganho de renda da população local”.

Com a decisão, Rotondano ainda determinou que os acionados promovam a celebração sob pena multa diária fixada em R$10 mil, limitada a R$100 mil.

Fonte:Poltica Livre
()
21
Jun/24

Aps voto de Toffoli, STF continua sem deciso sobre porte de maconha

Placar est em 5 a 3 pela descriminalizao; julgamento foi suspenso

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta quinta-feira (20) para manter a constitucionalidade da Lei de Drogas, norma que definiu penas alternativas a usuários de drogas. Com o voto do ministro, o placar do julgamento continua sendo de cinco votos a favor e três contra a descriminalização.

O Supremo retomou hoje o julgamento da constitucionalidade do Artigo 28 da Lei das Drogas (Lei 11.343/2006). Para diferenciar usuários e traficantes, a norma prevê penas alternativas de prestação de serviços à comunidade, advertência sobre os efeitos das drogas e comparecimento obrigatório a curso educativo para quem adquirir, transportar ou portar drogas para consumo pessoal.

Em seu voto, único proferido na sessão de hoje, Toffoli abriu uma nova corrente sobre a questão. O ministro fez um histórico sobre os perigos do uso de entorpecentes para saúde e discordou da política de combate às drogas no Brasil, que, segundo ele, trata o usuário como criminoso. Contudo, Toffoli sugeriu ao Congresso e o Executivo federal prazo de 18 meses para fixação de critérios objetivos para diferenciar usuários e traficantes.

"Estou convicto de que tratar o usuário como um tóxico delinquente não é a melhor política pública de um estado social democrático de direito", afirmou

Após o voto do ministro, o julgamento foi suspenso e será retomado na terça-feira (25). Os próximos votos serão proferidos pelos ministros Luiz Fux e Cármen Lúcia.

Os demais votos foram proferidos ao longo do julgamento, que começou em 2015.

Como fica

Pela manifestação dos ministros que já votaram, o porte de maconha continua como comportamento ilícito, mas as punições definidas contra os usuários passam a ter natureza administrativa, e não criminal. Dessa forma, deixam de valer a possibilidade de registro de reincidência penal e de cumprimento de prestação de serviços comunitários.

A Corte também vai definir a quantidade de maconha que deve caracterizar uso pessoal, e não tráfico de drogas. Pelos votos já proferidos, a medida deve ficar entre 25 e 60 gramas ou seis plantas fêmeas de cannabis.

Não é legalização

Durante a sessão, o presidente do Supremo, ministro Luís Roberto Barroso, disse que a Corte não está legalizando a maconha. O ministro esclareceu que a Corte mantém o porte como comportamento ilícito, conforme definido pela Lei de Drogas.

"Que fique esclarecido a toda a população que o consumo de maconha continua a ser considerado ilícito porque esta é a vontade do legislador", afirmou.

Votos

O julgamento começou em 2015, quando o relator, ministro Gilmar Mendes, votou pela descriminalização do porte de qualquer tipo de droga. No entanto, após os votos que foram proferidos pelos demais ministros, Mendes restringiu a liberação somente para a maconha, com fixação de medidas para diferencial consumo próprio e tráfico de drogas.

No mesmo ano, votou pela descriminalização somente do porte de maconha, deixando para o Congresso a fixação dos parâmetros.

Em seguida, Luís Roberto Barroso entendeu que a posse de 25 gramas não caracteriza tráfico ou o cultivo de seis plantas fêmeas de cannabis.

Após pedidos de vista que suspenderam o julgamento, em agosto do ano passado, o ministro Alexandre de Moraes propôs a quantia de 60 gramas ou seis plantas fêmeas. A descriminalização também foi aceita pelo voto para ministra Rosa Weber, que está aposentada.

Em março deste ano, os ministros Cristiano Zanin, André Mendonça e Nunes Marques defenderam a fixação de uma quantidade para diferenciar usuários e traficantes, mas mantiveram a conduta criminalizada, conforme a Lei de Drogas.

No caso concreto que motivou o julgamento, a defesa de um condenado pede que o porte de maconha para uso próprio deixe de ser considerado crime. O acusado foi detido com três gramas de maconha.

Nesse caso, a condenação foi mantida porque os ministros entenderam que o acusado estava em uma circunstância que caracterizava tráfico.

Fonte:Agncia Brasil
()
21
Jun/24

Gincana do JEB 2024 chega ao fim com vitria da Escola Municipal Prof Itaraj Queiroz dos Santos

Encerrou nesta quinta-feira (20), a Gincana dos Jogos Estudantis Barreirense 2024 (JEB), e a grande campeã foi a Escola Municipal Professor Itarajú Queiroz dos Santos. A competição, que reuniu estudantes do ensino fundamental I, do segundo ao quinto ano, de 33 escolas municipais, teve sua grande final na Praça da Juventude Esmail Figueiredo. Foi lá que os alunos, secretário e subsecretária de Educação, Jeferson Barbosa e Olívia Sampaio, respectivamente, demais professores e coordenadores do JEB, se reuniram para conhecer a escola vencedora da competição.

A disputa acirrada ficou entre a Escola Municipal Tarcilo Vieira de Melo e a Escola Municipal Professor Itarajú Queiroz dos Santos, que garantiu a vitória com destaque. Durante a gincana, as provas ocorreram previamente na Praça da Juventude e também no Centro Esportivo Dr. Luiz Braga. Entre as competições estavam cabo de guerra, queimada, peteca, baleado, pula-corda, slackline e frisbee. Conforme a coordenação da Secretaria Municipal de Educação, os jogos, que a partir de 2024 voltam a contar com a participação de escolas públicas e particulares de Barreiras.

“Foram momentos de muito aprendizado, integração e disputa. Nossos estudantes se sentiram valorizados ao participar das provas e mostrar suas habilidades. São momentos saudáveis que criam memórias importantes em nossas crianças. Esse importante evento, que em 2023 contou com mais de 3 mil atletas, é considerado o maior do gênero no oeste da Bahia”, pontuou Jeferson Barbosa.

De acordo com o coordenador geral do JEB e assessor técnico de educação, professor Aparecido Freitas, a gincana, além de promover diversão, cumpriu o papel de integração entre as escolas, fortalecendo os relacionamentos entre estudantes e professores e reforçando a troca de experiências. “O esporte aumenta a capacidade cognitiva dos alunos, traz benefícios consideráveis para a saúde e gera socialização, cooperação, amizade, disciplina e contribui significativamente em sua formação”, destacou Freitas.

A gincana é a primeira parte dos Jogos Estudantis Barreirenses e abre oficialmente o ano esportivo da SEDUC. A segunda parte, denominada JEB F2, disputada por alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, será disputada no período de 10 de julho a 28 de setembro.

Fonte:DIRCOM PMB
()
21
Jun/24

So Joo de Ofertas do Grupo Marab pra voc economizar!!!




Fonte:Publicidade
()
20
Jun/24

Em Luis Eduardo Magalhes agora voc pode fazer a sua prtese capilar

Diga adeus a calvcie !!!






Antes


Depois

Bairro: Santa Cruz, Rua Itabuna.

Contato:77 999309574

Fonte: Publicidade
()
20
Jun/24

Alexandre Garcia: Juiz que vende sentena o pior criminoso

Fonte:Canal de Alexandre Garcia
()
20
Jun/24

Erros da pesquisa de hoje so erros ou tudo foi calculado para atingir um objetivo previamente combinado?


Uma pesquisa divulgada hoje pelo site Fala Barreiras e feita por um tal de instituto Painel – que seria de Lauro de Freitas – causou espanto e perplexidade na população de Barreiras. Não só pela série de erros que apresenta mas sobretudo por mostrar que por trás dos números destorcidos, podem ser vistas, a olho nu, as digitais sabe-se lá de quem.

DOS ERROS INTENCIONAIS

Vamos começar questionando  uma nota fiscal que desqualifica e coloca em cheque a veracidade da pesquisa. Não é crível que um instituto de pesquisa que se preze saia de Lauro de Freitas e viaje mil quilômetros para ganhar apenas cinco mil reais aqui em Barreiras. Não da nem para pagar alimentação, hospedagem e custo com a equipe de pesquisadores. Acho até difícil que alguém que trabalhe com pesquisa em Barreiras aceitaria fazer por esse valor. Isso atende os interesses de quem?

Sigamos.

Chama atenção também um questionário minúsculo que não representa a abrangência de uma pesquisa seria e idônea, que além disso não avalia o peso e o apoio político de cada candidato. Por exemplo: Que peso eleitoral tem Zito em Barreiras, e Jerônimo e Antonio Henrique?

E tem mais,

A publicação de números divergentes que trazem dúvidas sobre a verdadeira intenção de quem contratou e divulgou a pesquisa (a avaliação negativa da gestão é menor no gráfico do que no texto da matéria). Teria uma segunda intenção ou é falta de compromisso com a informação isenta e verdadeira? Fica no ar essa indagação por ser muito pertinente.

Pensa que acabou? Ainda não. Em frente como diria Reynaldo Azevedo.

Ao longo da história recente das eleições em Barreiras nenhum blog ou site de notícias foi instado a contratar e publicar pesquisas eleitorais (pior ainda quando o valor não corresponde ao praticado no mercado. Porque somente um blog teve esta iniciativa?

Para fechar é preciso dizer que a pesquisa pode cumprir, na maioria das vezes, o aspecto legal para sua contratação, realização e publicação, mas não pode ser imoral no seu contexto final como deve ser uma pesquisa de verdade.

Nada temos contra blogs e sites que contratem instituto para realizarem pesquisas deste que sejam sérias e apresentem os mesmos dados informados a Justiça Eleitoral.

Sabemos que em época de campanha os veículos costumam ter um lado, isso é normal e faz parte da democracia, só não podem é fazer pesquisa distorcendo os números para favorecer a quem quer que seja.

Note que na divulgação da tal pesquisa a margem de erro é de 4,3 e o intervalo de confiança de 90% e no registro feito no TSE a margem de erro é de 3,69 e o intervalo de confiança de 95%. Isso pode dar uma diferença grande nos números finais. É, para dizer o mínimo, estranho um fato como esse. Será que algo com erros tão primários pode ser chamado de pesquisa ou poderia ter o nome de “Bota meu candidato nas primeiras posições e tamos conversados”.

A Justiça Eleitoral ainda pode se manifestar sobre esse polêmico assunto.

Fonte:MURAL DO OESTE
()
20
Jun/24

🚚✨ Maximize a Eficincia da Sua Frota com a Global System Rastreamento! ✨🚚



🌐 Com a Global System Rastreamento, oferecemos um sistema avançado de monitoramento que proporciona:

📍 Rastreamento em Tempo Real: Mantenha-se no controle total da sua frota, sabendo a localização exata de cada caminhonete a qualquer momento.

📊 Relatórios Detalhados: Analise o desempenho da sua frota com relatórios personalizados. Otimize rotas, reduza custos e aumente a eficiência operacional.

🛡️ Segurança Reforçada: Proteja seus ativos valiosos com alertas de segurança em tempo real. Esteja sempre um passo à frente de possíveis contratempos.

📱 Acesso Móvel: Controle sua frota na palma da sua mão. Nosso aplicativo fácil de usar permite que você monitore sua frota onde quer que esteja.

💼 Ideal para Empresas de Todos os Tamanhos: Não importa o tamanho da sua frota, a Global System Rastreamento adapta-se às suas necessidades, proporcionando soluções escaláveis e eficazes.

🌟 Confie na Experiência da Global System Rastreamento: Há anos, ajudamos empresas a otimizar operações de frota, proporcionando tranquilidade e eficiência.

Entre em contato conosco hoje mesmo para descobrir como podemos impulsionar o sucesso da sua empresa! 🚀 #GlobalSystemRastreamento #FrotaEficiente #Rastreamento

Global System Rastreamento 24h
Entre em contato com um de nossos Consultores:
📱0800 606 8000 (WhatsApp)

Fonte:Publicidade
()
20
Jun/24

Barreiras proporciona segurana por meio da GCM nos festejos juninos das escolas e comunidades

A segurança nos festejos juninos realizados nas escolas municipais e nas comunidades de Barreiras foi garantida pela Guarda Civil Municipal com a presença ostensiva do efetivo garantido a tranquilidade e a paz social, proporcionando maior sensação de segurança às pessoas durante os festejos, bem como a segurança do patrimônio público.

A Corporação vem atuando de forma efetiva com o objetivo de garantir a tranquilidade aos munícipes, e durante os festejos, o patrulhamento preventivo foi intensificado. Apesar da grande demanda, a Inspetoria Operacional contou com um contingente de 12 agentes e 3 viaturas por dia, e por meio de um planejamento estratégico procurou atender a todos.

Os festejos juninos iniciaram desde o dia 07 de junho, e graças à atuação da Guarda Civil Municipal em articulação com as outras forças de segurança, durante os eventos não houve nenhum registro de ocorrência que representasse risco ou atentasse contra a ordem pública.

Para o Comandante da Guarda Civil Municipal, João Oliveira, a presença dos agentes nos eventos escolares – que são promovidos para proporcionar entretenimento tanto para os alunos quanto para as suas famílias, bem como nos eventos comunitários – leva segurança e tranquilidade e aproxima ainda mais a Corporação da comunidade. “Essa ação integrada entre Secretaria de Segurança e as forças de segurança só tende a fortalecer com mais efetividade a segurança no município. Proporcionar segurança aos munícipes é uma das nossas diretrizes, e todo trabalho é realizado com empenho, dedicação e compromisso dos nossos Guarda Civis Municipais”, destacou o comandante.

Fonte:DIRCOM PMB
()
20
Jun/24

Frum discute importncia do aqufero Urucuia para regio oeste da Bahia

Membros do Comit da Bacia Hidrogrfica do Rio Grande participaram do evento

Tendo em vista a importância do aquífero Urucuia para a Bahia, os membros do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Grande (CBH Rio Grande) participaram do fórum "Uso e Monitoramento do Aquífero Urucuia para uma melhor gestão das águas", em Luís Eduardo Magalhães, na região oeste do estado.

Promovido na 18ª edição da Bahia Farm Show, o debate reuniu especialistas em recursos hídricos, gestores públicos, produtores rurais e pesquisadores.

Em meio à discussão sobre o segundo maior aquífero do Brasil, o secretário do CBH Rio Grande, Eneas Porto, destacou a realização de estudos para o monitoramento e uso sustentável dos mananciais, considerando o potencial do aquífero para o desenvolvimento do estado.

"O monitoramento visa justamente permitir que essa água seja empregada para os diversos usos de forma sustentável, inclusive irrigação, para a produção de alimentos e o consumo urbano, para a dessedentação de animais, a indústria e recreação", disse.

Ainda segundo ele, as informações e os dados gerados pelos estudos são essenciais para implementação de ações relacionadas ao uso dos recursos hídricos. "Quando se fala em preservação e melhoria da gestão do aquífero, a gente pensa em um sistema em que se possa ter informações seguras, transparentes e que dê subsídio aos tomadores de decisão, também aos usuários", ponderou.

Presente no evento, a especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e representante da instituição no CBH Rio Grande, Larissa Cayres, reiterou a necessidade do debate acerca da gestão diante do contexto de mudanças climáticas, considerando a preservação do aquífero e manutenção da economia da região em decorrência da demanda, como o uso na agricultura.

"Um debate sobre o monitoramento do Urucuia é essencial para garantir a sustentabilidade do aquífero, assim como a sustentabilidade das atividades econômicas desenvolvidas na região e, claro, a sustentabilidade ambiental com a manutenção da qualidade de vida", avaliou.

A partir disso, a especialista da Sema ressaltou que uma boa gestão perpassa pelo entendimento da oferta e demanda dos recursos. Nesse sentido, o comportamento do aquífero deve ser estudado ao longo do tempo para evitar problemas futuros.

"É fundamental para que a gente faça uma gestão adequada desse recurso, que a gente monitore o comportamento dele, para que ações, a política pública, o comando e controle possam garantir que esse uso seja feito de forma sustentável e não venha prejudicar tanto os usos atuais quanto a possibilidade de usos futuros", acrescentou

Ações

Durante o fórum, o diretor de Recursos Hídricos e Monitoramento Ambiental do Inema, Antonio Martins, apresentou as iniciativas do Governo do Estado voltadas para a preservação e boa gestão do Urucuia.

"O Governo vem trabalhando na implementação de políticas que impactem positivamente na conservação de nossas reservas de água subterrânea, a exemplo da gestão das Unidades de Conservação e na ampliação e manutenção da rede de coleta e análise da qualidade das águas dos rios e lagoas, nos seus trechos mais importantes", pontuou.

O diretor ainda destacou a atuação da equipe técnica do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) na produção de estudos e monitoramento do aquífero.

Potencial

Entre as ações apresentadas no fórum está o Estudo do Potencial Hídrico, realizado pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) em parceria com a Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Em sua terceira etapa, o estudo integra o Programa de Monitoramento dos Mananciais Hídricos Superficiais e Subterrâneos através de um sistema em tempo real. De acordo com o coordenador do projeto e professor da UFV, Everardo Mantovani, o sistema de monitoramento será crucial para a melhor gestão dos recursos hídricos na região.

O evento contou com a participação de pesquisadores da UFV, do geólogo do Inema, Zoltan Romero, do pesquisador e gerente de Hidrologia e Gestão Territorial do Serviço Geológico do Brasil, Amilton Cardoso, e do produtor rural Júlio Busato.

Fonte:Ascom
()
20
Jun/24

Com montagem acelerada, AgroFormosa espera pblico recorde para segunda edio

O evento, que acontece de 27 a 29 de junho, contar com estrutura indita no Parque de Vaquejada de Formosa do Rio Preto

Com montagem acelerada, AgroFormosa espera público recorde para segunda edição.

O evento, que acontece de 27 a 29 de junho, contará com estrutura inédita no Parque de Vaquejada de Formosa do Rio Preto

Mais de 60 mil pessoas são esperadas para a segunda edição da AgroFormosa, feira agropecuária de Formosa do Rio Preto, realizada nos próximos dias 27 a 29 de junho. O encontro, que terá como tema “Solo fértil, agro forte” vai impulsionar as cadeias produtivas do Matopiba e promete uma edição inédita em estrutura e volume de negócios.

A entidade realizadora da Feira, a Associação dos Criadores de Formosa do Rio Preto (Acrifor), mantém altas as expectativas para o encontro, que representará um grande avanço para toda a região. “Dobramos a área do parque, passando de 33 mil m² para 66 mil m². Esse investimento se refletiu em mais expositores e infraestrutura mais moderna, o que com certeza já demonstra a evolução do nosso evento”, afirma o presidente da AgroFormosa e da Acrifor, Sabino Filho.

Em sua primeira edição, realizada em 2023, a AgroFormosa recebeu 45 mil pessoas e reuniu dezenas de expositores que realizaram grandes negócios na Feira. O volume total registrado no último encontro foi de R$ 5 milhões. “Esperamos alcançar novos recordes tanto em visitantes quanto em negócios, pois observamos que este é um novo momento para as empresas e produtores da nossa região. A AgroFormosa vai refletir o crescimento da nossa produção”, conta Sabino.

Cerca de 60 expositores devem fazer parte da Feira, reunindo segmentos como máquinas e implementos, transportes, genética e pecuária. Entre as novidades da estrutura do parque está o pavilhão coberto dedicado a empresas de tecnologia, algo inédito na Feira.

“O nosso produtor busca por inovação e tecnologia para modernizar seus processos e alcançar mais resultados. A AgroFormosa chega com o objetivo de ser esse caminho para ele”, defende o presidente Sabino Filho.

Programação

Com ampliação também na área do conhecimento, a AgroFormosa deve contar com uma programação de palestras durante os três dias de evento, discutindo temas como prevenção e combate de doenças na pecuária, recuperação judicial no agro e práticas ambientais nas propriedades agrícolas.

Especialistas, pesquisadores e representantes de instituições públicas e privadas são esperados para condução destes momentos. “Além de fazer negócios, eles encontrarão na feira um lugar de compartilhamento de experiências e ideias que beneficiará todos os empreendimentos rurais da nossa região”, conta Sabino.

A programação completa dos eventos e debates durante a Feira ainda serão divulgados pela organização através das redes sociais.

A feira

A AgroFormosa é uma feira independente que nasceu com o objetivo de fomentar e capacitar ainda mais a produção de alimentos na cidade de Formosa do Rio Preto, uma das mais produtivas do Brasil.

Localizado há quase mil km da capital Salvador, no centro do Oeste baiano, o município é um dos maiores produtores de grãos do País, destacando-se nas culturas da soja e do milho. Na última safra, mais de 2,3 milhões de hectares de grãos foram cultivados na região.

Com uma cotonicultura também muito forte, a cidade faz parte de uma das sub-regiões produtoras do Oeste baiano, que é composta ainda pelos municípios de Barreiras, Riachão das Neves e Santa Rita de Cássia.

Formosa também registra alguns dos maiores números do PIB agropecuário na Bahia, tendo a pecuária como outra de suas atividades de maior referência. Por lá destacam-se os rebanhos de bovinos, com cerca de 85 mil cabeças de gado, além dos equinos e caprinos.

Fonte:Ascom
()
20
Jun/24

Lus Eduardo Magalhes firma acordo de cooperao com cidade italiana de Varapodio

Parceria vai facilitar a obteno da cidadania italiana para moradores do municpio


O prefeito de LEM, Junior Marabá e o prefeito de Varapodio, Orlando Fazzolari

Luís Eduardo Magalhães firmou acordo de cooperação com a cidade italiana de Varapodio, por meio do Projeto Gemellaggio. A assinatura do termo foi realizada no sábado, dia 15 de junho, no auditório da sede da Prefeitura, pelos representantes das duas cidades, os prefeitos Junior Marabá e Orlando Fazzolari.

Entre os objetivos firmados na parceria, está promover o intercâmbio cultural, histórico, educacional, linguístico e econômico entre os dois municípios. Além de facilitar a obtenção da cidadania italiana para os moradores de Luís Eduardo Magalhães.

A bisneta de italianos Cris Bonini, que conquistou a sua dupla cidadania em Varapodio, foi fundamental no processo de construção do projeto. “Cheguei na cidade sem falar a língua, fui muito bem recebida, e quando voltei a Luís Eduardo procurei o prefeito Junior Marabá e ele foi muito receptivo a ideia”, contou.


Da esquerda para direita: Michelle Fazzolari (filho do prefeito de Varapodio), Junior Marabá (prefeito de LEM), Cinthya Borges (primeira-dama de LEM), Orlando Fazzolari (prefeito de Varapodio), o padre Mário Correia, Cris Bonini (intermediadora do projeto) e Serafino Muscarà (vereador em Varapodio)

Durante a assinatura do termo de cooperação, o prefeito de Varapodio, Orlando Fazzolari, lembrou as palavras do Papa Francisco sobre a importância de ‘construir pontes e derrubar muros’, e de como a parceria será importante para agilizar o processo da dupla cidadania de brasileiros.

“São 20 milhões de descendentes de italianos no Brasil que buscam essa dupla cidadania e nós encontramos a pessoa certa para fazer essa parceria, porque o prefeito Junior Marabá ele é uma pessoa que age com o intelecto, mas também com o coração e essa é a combinação perfeita para um gestor público”, disse.

O prefeito Junior Marabá falou da importância do acordo. “No ano passado uma comitiva nossa visitou a cidade de Varapodio, na Itália, agora estamos recebendo os nossos amigos aqui em Luís Eduardo Magalhães e com a assinatura do termo de cooperação, essa parceria começa de fato a ser efetivada, o que vai beneficiar muitos munícipes de descendência italiana”, pontuou.

- Mais informações, entrar em contato com Arielle Britto pelo telefone: (77) 99922-3997.

Fonte:SECOM, prefeitura de LEM
()
20
Jun/24

Seminovos com garantia TOPVEL; confira nossas ofertas



SPIN ACTIV 1.8 AUT
R$ 91.900,00
2021/2022 7 Lugares

Onix Lt 1.0 Manual
R$ 55.900,00
2019/2019 com 55.000 KM

COBALT LTZ 1.8 AUT
R$ 69.900,00
2019/2020- 59.000 KM



GOL 1.0 5 PORTAS
2016/2017- 89.900 KM
R$ 42.000



TRACKER 1.0 TURBO FLEX LT AUT
2021/2021- 96.000 KM
R$ 92.900

TOPVEL Veículos: Av. Barão do Rio Branco, 433 - Vila Rica, Barreiras - BA, 47813-010 - Telefone: 0800 944 1101/ 77 9.8835-1430

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Classificados
()
20
Jun/24

Se eleies as fossem hoje, Tito seria eleito prefeito com 34,5%. Danilo Henrique ficaria com 30,4%

A pesquisa foi realizada entre os dias 5 e 6 de junho e no apurou a inteno de votos para Marciel Viana


Infográfico – Blog Fala Barreiras

A mais recente pesquisa de opinião realizada em Barreiras, Oeste da Bahia, nos dias 5 e 6 de junho de 2024, encomendada pelo Portal de Notícias e sob a responsabilidade do Instituto Painel Brasil, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BA-00395/2024, revelou o cenário atual da intenção de voto para prefeito. A pesquisa entrevistou 501 eleitores e apresenta margem de erro de 4,3% para mais ou para menos, com um intervalo de confiança na casa de 90%.


Infográfico – Blog Fala Barreiras

No cenário estimulado que é quando os eventuais pré-candidatos são apresentados aos entrevistados, de acordo com o levantamento, se as eleições fossem hoje, Tito (PT) seria eleito com 34,5%. Danilo Henrique (PP), ficaria na segunda colocação com 30,4%, Otoniel Teixeira (UB) seria o terceiro colocado com 16,5% e Davi Schmidt (Novo) receberia 1,9%. Ainda de acordo com o levantamento para prefeito por faixa etária, mostrou Tito como favorito entre eleitores de 60 ou mais anos (42,5%) e Danilo Henrique com maior preferência entre os eleitores de 16 a 24 anos (46,9%).

O pré-candidato Professor Marciel Viana (Psol) não fez parte do referido levantamento o que pode comprometer números mais fidedignos e próximos da realidade das intenções de votos.

Diferentemente do que “aduz” o levantamento sob a responsabilidade do Instituto Painel Brasil, que apresenta um agrupamento etário, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza números mais palpáveis quando se trata da faixa etária do eleitorado de Barreiras. Sendo por idade específica e separadas por sexo.

O Portal Caso de Política, em análise aos dados apresentados pelo Instituto, confrontando-os com os do TSE, constatou que os dados são conflitantes tanto para uma maior precisão para todos os pré-postulantes ao cargo de prefeito. Os dados oficiais sobre os que estão entre a idade de 16 a 24 são de 16.838 eleitores; ou (15,7107%). Já para Tito, na faixa apresentada pelo Instituto, que são 60 anos ou mais, representa um universo de 13.627 eleitores; ou (13,206%) calculados pelo total de eleitores da cidade. De acordo com o TSE, órgão oficial de Estado que controla os números, o eleitorado de Barreiras é de 103.075, sendo 53.771 do sexo feminino (52%) e 49.304 do sexo masculino (48%) com 16 eleitoras e eleitores com nome social, aptos a votar nestas eleições de 6 de outubro próximo.

questão importante, é que em uma pesquisa modalidade “quantitativa” com um ambiente de apenas 501 entrevistados, nomes que já não estavam na disputa e outro omitido, pode influenciar no resultado. A pesquisa realizada serve como um importante termômetro, porém cambaleia em consistência.

Cenário Espontâneo

Na intenção de voto espontânea, que é quando o entrevistado fala sem a apresentação do nome dos possíveis candidatos, Danilo Henrique e Tito aparecem na ponta, tecnicamente empatados com 18,6% e 18,3% respectivamente.

Otoniel Teixeira vem em seguida com 9,3%, Davi Schmidt com 0,7%. 5,1% afirmaram que não votaria em ninguém, e 43,7% se mostraram em dúvida, não souberam ou não responderam em quem votariam.

Análise por Escolaridade

Conforme a “pesquisa”, Tito (PT) lidera com boa margem no quesito “Escolaridade” (conforme infográfico acima) ficando a frente entre os que “Sem Escolaridade” – 41,4%, com “Ensino Fundamental” – 49,9% e com “Ensino Superior” – 34,8%. Para os que estudaram até o ensino médio, Tito tem 26,2% de simpatia ou intenção de votos.

Danilo Henrique (PP) aparece na segunda colocação, tendo preferência entre os que estudaram o Ensino Médio, 20,2%. Para os “Sem Escolaridade” são 10,5%, e com Ensino Superior 27,1% de preferência.

O pré-candidato governista, Otoniel Teixeira do União Brasil aparece na terceira posição da preferência do eleitorado de Barreiras onde entre os “Sem Escolaridade”, recebe 14,2%, com “Ensino Fundamental” 11,7%, “Ensino Médio” 18,4% e entre os que tem Ensino Superior 18,6%.

Davi Schmidt (Novo) recebeu entre os “Sem Escolaridade” 0,0%, entre os que cursaram o “Ensino Fundamental” 0,4%, Ensino Médio – 2,6% e entre os que cursaram o Ensino Superior 3,1%.

Vale aqui destacar que o levantamento realizada pelo Instituto Painel Brasil não apurou nos quesitos “Voto Estimulada x Renda”, “Voto Estimulada x Escolaridade” e “Rejeição de Voto x Gênero”, os nomes dos pré-candidatos Maciel Viana (Psol), Karlúcia Macedo (MDB) e Jusmari Oliveira, o que matematicamente faria considerável diferença na apuração estatística. Estas duas últimas apareceram no item “Espontânea” que é quando o eleitor fala voluntariamente o seu desejo em quem votar. Recentemente um pré-candidato a prefeito de Barreiras veio a público questionar a ausência de seu nome em um suposto levantamento de intenção de votos.

Rejeição entre os pré-candidatos

Otoniel apresenta a maior taxa de rejeição, com 34,6%, seguido por Tito (27,9%), Davi (18,8%), e Danilo (13,9%). Novamente nomes que reconhecidamente disputaram o pleito municipal ficou ausênte neste quesito “rejeição”.

Aos leitores e leitoras do Portal Caso de Política/Blog do Sigi Vilares, cabe informar que com esta matéria, reafirmamos de maneira imparcial e isenta, o nosso compromisso com um jornalismo de apuração e investigativo. Com total respeito a todos os veículos que divulgaram o resultado, parabenizamos ao Blog Fala Barreiras pela iniciativa de contratação do levantamento. No mais, ainda que hajam questionamentos sobre a pesquisa, cada pré-candidatura tem os seus próprios levantamentos internos, e pesquisas não são feitas para se auto-enganar, não é mesmo meu caro leitorado?

Fonte:Caso de Poltica | Lus Carlos Nunes
()
20
Jun/24

Confeitaria LEM - H 17 anos servindo bem e com qualidade superior

A Confeitaria LEM é uma empresa fundada em 2005 e há 17 anos demonstra amor pelos seus clientes, através do sabor. São diversos tipos de bolos personalizados, salgados, doces, ovos de Páscoa e servimos um delicioso café da manhã. A Confeitaria LEM trabalha com o melhor Coffe Break da cidade deixando o evento da sua empresa ainda mais prazeroso.



Na Confeitaria LEM, contamos com um ambiente amplo, climatizado e temos um espaço aconchegante para você confraternizar com os seus amigos e empresa. Estamos nas plataformas de aplicativos Ifood, Vokerê, Tonolucro, Catalogo Delivery e Mais Delivery.

Estamos localizados na Rua Castro Alves, número 1249, no centro de Luís Eduardo Magalhães.

  • Horario de atendimento segunda a sabado
    Das 07:30 as 19:00.

Telefones (77) 9 9919 9619 ou (77) 9 9815 6031

Fonte:Informe Publicitrio
()
20
Jun/24

Salrio mdio dos baianos era sexto menor do Brasil em 2022, aponta IBGE

Mdia do pagamento mensal era de R$ 2.839,60, abaixo da nacional. Na contramo, estado tinha stimo maior nmero de unidades locais de empresas e de funcionrios assalariados.

A Bahia tinha o sétimo maior contingente de unidades locais de empresas formais e de funcionários assalariados do Brasil em 2022. Por outro lado, a média salarial dos trabalhadores era de R$ 2.839,60, a sexta menor do país. O pagamento ficou abaixo da média nacional, de R$ 3.542,19 à época.

As informações são do Cadastro Central de Empresas (Cempre), atualizado anualmente e divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (20). Confira os números:

  • 469.986 unidades locais de empresas formais ativas na Bahia
  • 2.978.368 pessoas ocupadas, sendo 549.064 como proprietárias ou sócias e 2.429.304 como empregadas assalariadas.

O estudo mostra que, no quesito salário, os nove estados do Nordeste ocupavam as piores posições. O pior cenário é o da Paraíba, com média de R$ 2.636,51.

As remunerações eram maiores no Distrito Federal (R$ 5.902,12), no Centro-oeste brasileiro, no Amapá (R$ 4.190,94), na região Norte, e em São Paulo (R$ 4.147,84), no Sudeste.

Na divisão por área de trabalho, é possível observar que atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados registraram a maior remuneração média mensal na Bahia. O setor, que empregava 24.427 pessoas, tinha salário médio de R$ 7.171,73.

Na outra ponta, estava o setor de atividades administrativas e serviços complementares, com o menor salário médio, de R$ 1.659,99.

Cenário nacional

De acordo com o levantamento, a Bahia respondia por 4,4% das 10.607.102 unidades locais de empresas formais do Brasil. A lista era liderada por São Paulo, com mais de três milhões de unidades.

Já no quesito "pessoal ocupado", o estado concentrava 4,7% do total nacional, calculado em 62.746.860 indivíduos empregados. Também nesse caso, São Paulo liderava a lista, com 18.391.352 pessoas empregadas.

Microempresas representavam mais de 90% das unidades baianas

Em 2022, 92,5% das unidades locais de empresas ativas (434.577) na Bahia eram consideradas microempresas. Tratam-se de negócios com até nove pessoas ocupadas.

As pequenas empresas, que ocupam de 10 a 49 pessoas, somavam 30.306 unidades. Isso representa 6,4% do total. Quanto às empresas de médio porte, que têm de 50 a 249 pessoas ocupadas, o total era de 3.888 unidades locais, o equivalente a 0,8%.

Já as grandes empresas, com no mínimo 250 pessoas ocupadas, eram 1.215. O número representa 0,3% das unidades, a menor porção.

Administração pública concentra 28% dos assalariados

O estudo mostrou ainda que, embora a administração pública tivesse apenas 0,9% das unidades locais (4.328 em números absolutos), o setor concentrava 28% dos assalariados (679.839 pessoas).

Apesar disso, as entidades privadas lideravam os indicadores. Tais empresas eram a maioria das unidades locais em 2022 (398.133 ou 84,7% do total) e tinham o maior contingente de pessoal ocupado (2.086.321 ou 70%).

Entidades sem fins lucrativos também integram a lista. Essas empresas representavam 14,4% das unidades locais (67.525) e 6,8% dos assalariados (165.635).

Fonte:G1
()