Notícias

11
Set/19

Prefeitura de Barreiras realiza primeiro Seminrio de Preveno ao Suicdio do Oeste da Bahia

O tema Tecendo redes de cuidado em sade mental chamou a ateno para o Dia Mundial de Preveno ao Suicdio

O 10 de setembro é marcado mundialmente com ações de prevenção ao suicídio. Estimada pela Organização Mundial de Saúde como a 13ª causa de morte da atualidade, sendo uma das principais entre adolescentes e jovens até os 35 anos, a temática passa a ser relevante em diversas vertentes sociais ao longo de todo mês. Foi com objetivo de promover discussões e reflexões sobre a importância do tema, que a Prefeitura de Barreiras através da Secretaria Municipal de Saúde, dentro do Projeto Saúde Humanizada, realizou na manhã dessa terça-feira, o primeiro Seminário de Prevenção ao Suicídio do Oeste da Bahia.





O secretário municipal de saúde deu boas-vindas aos participantes e frisou a importância da colaboração de toda sociedade em favor da vida. “A realização desse primeiro seminário de prevenção ao suicídio do Oeste da Bahia é um grande encontro que reúne todos os segmentos da sociedade para falar dessa temática delicada, mas muito importante. De acordo com a OMS a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo, são cerca de 800 mil suicídios, é um número alto do qual precisamos fazer o alerta em todos os setores, por isso essa participação de vocês nesse seminário coordenado pelo CAPS de Barreiras é relevante na prevenção ao suicídio”, relatou Anderson Vian.



A estudante Júlia Alcântara fez a abertura recitando em forma de poesia a música “Amor à Vida”, do cantor Nando Reis, e emocionou a todos com a música “Jeito de mato” de Almir Sater. O tema “Tecendo redes de cuidado em saúde mental” foi abordado ao longo do dia com as palestras: Prevenção ao suicídio; Prevenção de Transtornos Mentais; Corpo e Auto Cuidado; e a mesa redonda abordando a Prevenção ao suicídio no contexto escolar.



O Seminário contou com a participação de diversos segmentos sociais, como OAB/Subseção Barreiras, Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), Polícia Militar da Bahia, Guarda Civil Municipal, Hospital do Oeste, equipes do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outros Drogas (CAPS AD II), do Centro Psicossocial Saúde Mental (CAPS II), gestores e professores da Secretaria de Educação, coordenadores de programas sociais da Secretaria de Assistência Social e da Secretária de Saúde.



“Hoje o alerta acontece em todo mundo, e nesse primeiro seminário além de falar da prevenção ao suicídio, também abordamos a valorização da vida. Foi um evento que teve dentre seus objetivos unir toda rede social, como educação, segurança, assistência social sobre o cuidado com a saúde mental do ser humano. É preciso unir forças em prevenção ao suicídio”, pontuou Denny Samper, coordenadora de saúde mental do município.

O encerramento do primeiro Seminário de Prevenção ao Suicídio do Oeste da Bahia foi marcado com o momento de vivência com o terapeuta integrativo, Renilson Freitas e o momento cultural com os usuários do CAPS II e CAPS AD II. Até o final do mês de setembro, a secretária municipal de saúde em parceria com a Associação do Núcleo de Acolhimento e Valorização da Vida (ANAVV), realiza palestras informativas nas salas de espera das unidades de saúde e blitz educativas nas escolas, espaços públicos e instituições. Já no dia 20 de setembro, terá a Caminhada de Prevenção ao Suicídio com concentração na Câmara de Vereadores. No final do percurso, acontecerão apresentações culturais com o “Show da Vida”, na Praça Landulfo Alves, que incluirão música e recital de poesias.

Fonte: DIRCOM
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades