Notícias

05
Nov/13

Humberto Santa Cruz mantm professores com 20h e garante pagamento de regncia de classe

A partir desta segunda-feira, 4 de novembro, o atendimento nas creches de Luís Eduardo Magalhães voltou a normalidade. Já na sexta-feira, 1º de novembro, os professores retornavam à sala de aula. A decisão pelo fim da greve se deu após o prefeito Humberto Santa Cruz se reunir com integrantes do Sindicato dos Professores (SINPROLEM), na quarta-feira, 30 de outubro, e confirmar o pagamento de Regência de Classe para todos os professores que tiveram sua carga horária de trabalho reduzida de 40h para 20h.

“É bom que fique claro que não houve demissões. Tivemos de reajustar a folha de pagamento da educação e por isso houve uma redução na carga horária de alguns professores. Sempre me coloquei aberto ao diálogo e acredito que conseguimos chegar a um denominador comum que tanto satisfaz a categoria e não onera o orçamento municipal”, explica o prefeito.
No dia 28 de outubro, o prefeito Humberto Santa Cruz já havia se reunido com pais de alunos e professores da creche Pequeno Príncipe. A reunião serviu para os pais e professores apresentarem suas demandas para o prefeito que se mostrou satisfeito com o resultado do encontro.

“Sou um entusiasta da participação da comunidade na construção de uma cidade melhor e acho essencial a presença do prefeito para explicar toda essa situação. Estamos passando por um momento em que é absolutamente necessário conter custos, já que tivemos uma perda considerável de repasse nos últimos meses. No entanto, como gestor do município, não posso deixar que nada atrapalhe a rotina dos pais e crianças que depender dos serviços de educação ofertados pela prefeitura,” comentou o prefeito na oportunidade, aproveitando para parabenizar a todos os pais e professores da Creche Pequeno Príncipe pela iniciativa.

A necessidade de reorganização do sistema educacional no município teve início em setembro. Para evitar que fossem feitas demissões em massa, o prefeito Humberto Santa Cruz optou pela redução na carga horária dos professores. “Sei que é difícil, uma mudança desse peso no orçamento pessoal, por isso, resolvi incluir a regência de classe para todos esses professores mesmo com carga horária reduzida”, explica Humberto, lembrando que os professores em Luís Eduardo Magalhães recebem acima do piso nacional, com o cumprimento de 1/3 de hora-atividade definida pela Lei do Piso do Magistério (Lei 11.738/2008) e homologada pelo Ministério da Educação (MEC) em 1º de agosto passado.

O prefeito ressaltou ainda que existem cinco creches para ser inaugurads no município no início de 2014.

Fonte:ASCOM, prefeitura de LEM
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades