Notícias

14
Out/13

Dr. Mrio Machado: "A Seara das sombras escondidas"

“E dizia-lhes: Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara.” Lucas 10:2 Este é o pedido de Jesus ao enviar seus Discípulos para o primeiro trabalho em campo.

A seara é imensa neste país, temos muitos campos para serem plantados, porém os verdadeiros obreiros estão escondidos nas sombras, afastados, com medo, sentindo-se incapazes. Quem são estes obreiros? Sou eu, é você homem, você mulher, você criança, você adulto, você jovem, você idoso, qualquer um é semeador desta seara, chamado BRASIL.

Acreditem, o campo é imenso, temos muito que fazer e estamos, cada dia que passa, mais e mais acovardados em nossos cantinhos, nos sofás do conforto de nossas salas, sob a proteção de nossos tetos, enquanto há muito que ser feito. Até quando seremos covardes e diremos que não é problema nosso? Até quando deixaremos de assumir as responsabilidades pelos nossos fracassos, até como seres humanos?

O que vivemos hoje é fruto do que não foi feito há muito tempo atrás. É a chamada relação de causa e efeito ou, como prefiro, causa e defeito.

“Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro.“ Salmos 121:1

Não quero heróis, não quero ídolos, quero mulheres e homens de coragem e que saibam fazer a diferença em um mundo tão vazio e hipócrita quanto o nosso. Não precisamos de milagres, nós somos o milagre, nós fazemos a diferença, nós podemos ser a diferença. Nós somos a diferença!

As sombras escondidas somos todos nós que nos limitamos a olhar para a vida, com a boca escancarada, cheia de dentes, esperando a morte chegar. Não é isso, somos muito mais.

Dizem que o elefante não é o rei da floresta porque não conhece a força que tem. O leão sabe e utiliza-se, principalmente da garganta, ou da goela, para mostrar o quanto ele pensa que é forte. O povo é igual a um elefante, desconhece a sua força. Acredite, você tem muito mais força do que você imagina. Se fossemos um país de verdade, com honra, com brios, homem ou mulher nenhuma aceitaria viver a margem da sociedade e serem alimentados por um cartão de plástico, que o reduz a condição ínfima de boi indo para o matadouro.

A seara existe, as sombras também, que são justamente os medos que nos impedem de crescer, o maior deles, o medo. Vença o medo e mostre quem você é de verdade e que você não aceita mais o que te dão na boca para comer. Você é uma mulher, você é um homem, não é um animal. Reaja, esta é a hora!

ESTA É A MINHA OPINIÃO!!!
Dr. Mário Machado
[email protected]

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades