Notícias

09
Jan/19

Comandante do CPRO faz um balano de 2018 e projeta a diminuio da criminalidade em LEM



O repórter Jadiel Luiz do Blog do Sigi Vilares, esteve na tarde de hoje, quarta-feira (09), no gabinete do Coronel da Polícia Militar, Osival Moreira Cardoso, Comandante do CPRO (Comando de Policiamento da Região Oeste) para falar sobre as estatísticas do ano passado e um comparativo dos trabalhos da Polícia Militar (PM).

De acordo com informações da (SIASP) Superintendência de Gestão Integrada de Ação Policial de Segurança Pública da Bahia (SIASP), a Região Integrada de Segurança Pública (RISP) do Oeste da Bahia, reduziu em 23,8% o número de mortes violentas no ano de 2018, em relação ao ano de 2017. O trabalho da Operação Safra, Operação Saturação, dentre outras estratégias, contribuíram na prevenção e redução.

Ao todo, 234 Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI), que englobam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, foram registrados no ano de 2018 contra 307 do ano de 2017, sendo o maior índice de redução de CVLI do estado da Bahia. A diminuição está acima da meta estipulada pelo Programa Pacto pela Vida (PPV).

Na Área Integrada de Segurança Pública do município de Barreiras (AISP 30), comparando os dados de CVLI do ano de 2017, houve uma redução de 3,4%.

No ano de 2018, a RISP-Oeste prendeu em flagrante ou cumprindo mandado, 1570 criminosos e 193 armas de fogo foram apreendidos.

O coronel Osival Moreira revelou ainda que o grande desafio deste ano é tentar diminuir o número da violência no município de Luís Eduardo Magalhães, já que teve um crescimento do ano passado com o ano de 2017, superando em número até o munícipio de Barreiras que é o maior da região.



“Já tivemos uma reunião com comandantes e outras mais teremos com o propósito deste ano de combater estrategicamente os crimes diversos e homicídios em Luís Eduardo Magalhães. Diante de todas as regiões do estado da Bahia, a região oeste foi a que mais reduziu os números de CVLI e este número poderia ter sido maior se em LEM tivesse reduzido os casos em 2018”, disse o Coronel Osival.

O Coronel destacou o trabalho realizado. “O município de Luís Eduardo Magalhães é um caso atípico, enquanto conseguimos baixar os crimes violentos nos municípios da região, inclusive em Barreiras, lá foi o contrário, por mais que LEM foi o município com mais apreensões e mais prisões realizadas pelas polícias, mesmo assim os homicídios aumentaram.”

Outra boa notícia aos oestinos é que a região ganhará este ano cerca de 300 novos policiais militares que ajudarão nos patrulhamentos dos municípios e no combate à criminalidade.

Fonte:Reportagem de Jadiel Luiz/Blog do Sigivilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades