Notícias

12
Set/18

Delegado Joaquim Rodrigues fala sobre o combate ao trfico de drogas em LEM

O repórter Weslei Santos, âncora do programa mundial repórter da Radio Mundial FM 91,3 e repórter do Blog do Sigi Vilares entrevistou no final da tarde de ontem, segunda-feira (10), delegado de Polícia Civil, Joaquim Rodrigues que investiga os crimes de homicídios, tentativas de homicídios, tráfico de drogas, entre outros crimes em Luis Eduardo Magalhães.

Na ocasião, o delegado parabenizou a atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), por impedir que mais de uma tonelada de maconha chegasse na região oeste, especialmente em LEM, no último final de semana em uma carga de milho em um caminhão.

De acordo com a autoridade policial, foi um prejuizo muito grande para os traficantes que vive desta prática ilícita. O delegado informou que a droga gera a estatística dos furtos, roubos, homicídios, tentativas de homicídios. Ele ressaltou que muitos crimes têm relação como tráfico de drogas praticado pelos usuários. Essas pessoas costumam trocar objetos furtados ou roubados por drogas e movimentar as chamadas "boca de fumo". Na sua avaliação, para a sociedade é uma vitória está apreensão, pois seria um veneno que iria ser distribuído na cidade e a Polícia Civil teria que intensificar o combate.

Ele falou ainda do transporte da droga que chega nas cidades pelo via terrestre e muitas vezes por intermédio de caminhões. Alguns caminhoneiros se corrompem por micharia para fazer o transporte da droga. O delegado ainda lamentou a forma com que a droga vem se infiltrando na sociedade brasileira e vem causando transtornos para famílias que tem algum ente querido no vício.

Para o delegado, as polícias, principalmente a PRF deveria ser equipada com sistema de raio-X nas rodovias para detectar este transporte ilícito. Ele falou que muitas toneladas de drogas pode ter passado, que estão passando ou irão passar por esta delegacia da PRF. Caso houvesse esse dispositivo iria inibir essa ação criminosa. “É o que falta para as forças de segurança, a pena para o tráfico de drogas é de 5 a 15 anos de prisão”, finalizou o delegado.

Fonte:Reportagem de Weslei Santos/Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades