Blog do Sigi Vilares - 7 Anos
 

Notícias

11
Jul/18

Bahia: lavoura de trigo deve crescer 400%

Cultivo do cereal usado no pãozinho ganha espaço entre produtores do oeste do estado

A plantação dourada de longe chama a atenção. Reluz como ouro, e desperta cada vez mais investimentos dos produtores rurais concentrados no Oeste da Bahia. A previsão é de que a safra de trigo, em três municípios da região, chegue a 15 mil toneladas este ano.

O cultivo irrigado é mantido por 6 produtores rurais, que expandiram a área plantada para 3.300 hectares este ano. “A qualidade do trigo é muito boa. Os produtores conseguem comercializar toda a safra, principalmente para moinhos de Brasília. A tendência é que os agricultores passem a plantar ainda mais”, diz o assessor de Agronegócio da AIBA, Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia, Luiz Stahlke.

O cereal, cultivado na entressafra da soja, ocupa fazendas nos municípios de Riachão das Neves, São Desidério, Luís Eduardo e Barreiras. “O plantio é nesta época, quando a temperatura na região gira em torno de 14 a 16 graus. Ideal para o plantio. Plantamos agora e começamos a colher a partir de agosto”, explica Stahlke. A AIBA não confirma os dados, mas de acordo com o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do IBGE, divulgado esta semana, a produção de trigo na região Oeste, em 2018, deve ser 400% maior do que em 2017. Segundo o Instituto, ano passado, a produção não passou de 3 mil toneladas.

Crescimento - Nem a soja, nem o algodão, tampouco o milho. Apesar do bom desempenho destas culturas este ano, o trigo é a lavoura que mais tem crescido na Bahia, segundo o IBGE.

Os dados apontam um crescimento de 8,5% na produção de soja, 35,4% nas plantações de algodão, 25% nas lavouras de milho. Outros dois cultivos se destacam na pesquisa: o amendoim e o fumo. O amendoim deve ter variação positiva de 162% na primeira safra. Já o fumo deve registrar variação de 123% em 2018. 
 
Os agricultores baianos que passaram a cultivar o grão, estão de olho num mercado crescente de trigo no mundo, com grandes possibilidades de ampliação.

Entre os cereais, o trigo é o segundo mais consumido, depois do milho. Estima-se que o consumo mundial de trigo é de 67 kg por pessoa. Em alguns países, como a Dinamarca, o consumo per capita ultrapassa os 100 kg. Boa parte da produção de trigo é direcionada para a fabricação de cervejas.

Os especialistas também apontam que o cultivo do trigo traz benefícios para o solo. A gramínea ajuda a suprimir doenças como o mofo branco. O trigo teria a capacidade de quebrar o ciclo destas doenças, viabilizando o cultivo de outras plantas no mesmo terreno.  

Fonte:Correio 24 horas
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades