Notícias

14
Mar/13

Cidado tem fornecimento de gua interrompido por no conseguir pagar conta abusiva


Uma das contas que a EMBASA quer que o cidadão pague

Um cidadão do Bairro Santa Cruz, morador na Rua Itabuna, comerciante do ramo de carnes. Afirmou não ter mais condições de pagar a conta de água.

De acordo com ele, as contas pagas a EMBASA não ultrapassavam o valor de R$ 50. Mas, no mês de novembro, surpreendentemente o valor subiu para R$ 3.700. Já em Dezembro o valor foi para R$ 3.900,33.

No mês de Fevereiro o valor voltou a cair. Mas, devido o não pagamento das contas abusivas, o comerciante teve o fornecimento interrompido. O cidadão procurou a EMBASA e a resposta foi que o mesmo teria que quitar o débito.

"Estou sem água  carregando baldes nas costas. Eu e minha esposa estamos fazendo o possível para deixar o açougue limpo e com um ambiente agradável para os clientes. Minha esposa já apresenta dores nas costas devido à rotina que estamos enfrentando. A quem vou recorrer?”, indagou o comerciante que teve o nome preservado.

Fonte:Reprter Nei Vilares/Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades