Notícias

09
Mar/13

Banhista atropelado e morto na BR 020


O corpo de Hermes Martinello estendido no chão. No quadro acima, a foto da vítima. Fotos: Blog do Sigi Vilares


O local do acidente


A caminhonete que atropelou o paranaense


O motorista da caminhonete conversa com os policiais militares


Testemunhas confirmaram a versão do motorista da caminhonete


A polícia militar controlou o trânsito no local


O veículo, com placa do Paraná, de propriedade da vítima


A frente da caminhonete onde acertou Hermes. Ao fundo as cruzes das vítimas da rodovia. As autoridades sabem o que fazer para reduzir as mortes no local. Se nada for feito, em breve teremos dezenas dessas cruzes no local.

O paranaense Hermes Martinello, de 44 anos, morreu atropelado por uma caminhonete Toyota Hilux conduzida pelo empresário Leonardo de Medeiros Chaves, por volta de 16h45 deste sábado, 9, na BR 020, na altura do Rio de Pedras, na cidade de Luís Eduardo Magalhães.

De acordo com empresário, o mesmo trafegava pela rodovia, sentido centro da cidade, quando foi surpreendido por Hermes que atravessou em sua frente. “Ainda freei, mas não deu para evitar a colisão. Foi pego de surpresa”, contou o empresário.

Segundo testemunhas ouvidas pela polícia militar no local do acidente, Hermes estava bebendo na parte de baixo do rio e atravessava a pista para ir até o seu carro que estava estacionado no acostamento.

Uma das testemunhas contou aos policiais que Hermes teria atravessado a pista correndo sem prestar a devida atenção. Na batida, o paranaense foi arremessado por cerca de 50 metros e teve esfacelamento do crânio, morrendo na hora. O motorista da caminhonete permaneceu no local do acidente e acionou a polícia militar.

O corpo de Hermes Martinello foi removido para o IML de Barreiras.

O acidente vai ser investigado pela polícia civil.

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades