Notícias

29
Fev/16

Sade, Infraestrutura e Meio Ambiente se unem em mutiro contra o Aedes Aegypti no Cidade Universitria


Prefeito e equipe da saúde no combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika Virus e Chikungunya


Secretários de Saúde, Werther Brandão e Infraestrutura, Fábio Lauck juntos em mutirão contra o mosquito Aedes Aegypti


Secretários e representantes do Cidade em Movimento traçam plano de ação do mutirão

A prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio das secretárias de Saúde, Infraestrutura e Meio Ambiente e Economia Solidária esteve nos bairros Cidade Universitária, Central Park e Residencial 90 e São José na manhã do último sábado, 27, participando de um mutirão de limpeza e combate ao mosquito Aedes Aegypti, em parceria com o projeto Cidade em Movimento, que reúne moradores desses bairros.

Segundo o secretário de Saúde, Werther Brandão, a parceria com a comunidade é importante nesta luta. “Cada cidadão precisa fazer a sua parte, cuidando dos seus quintais e compartilhando os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito”, disse.

A limpeza dos terrenos baldios realizada pela secretaria de Infraestrutura contribui no sentido de evitar possíveis criadouros do mosquito transmissor da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Fábio Lauck, o mutirão de limpeza se estenderá por toda cidade. “Colocamos mais de 30 máquinas em várias frentes de trabalho espalhadas pela cidade realizando operação tapa-buracos, serviços de patrolamento, roçagem e limpeza de terrenos baldios, além da limpeza dos canteiros das principais avenidas e canais”, observa.

O prefeito Humberto Santa Cruz acrescenta que o poder público, mesmo com todo trabalho realizado no sentido de combater o mosquito e manter a cidade limpa, não consegue estar em todos os lugares, por isso, a importância do apoio da população. “Se cada cidadão de nosso município disponibilizar 10 minutos da sua semana para algumas ações de prevenção básicas conseguiremos diminuir significativamente a incidência do mosquito Aedes Aegypti”, ratificou.

Terrenos baldios – A população pode denunciar terrenos baldios sem manutenção ou com acúmulo de entulhos para a Secretaria de Infraestrutura através do telefone 3628 0770. A limpeza será realizada pela secretaria e esta será posteriormente cobrada do proprietário. Já os focos de mosquito devem ser denunciados para o Núcleo de Endemias através do telefone 3628 3099.
Fonte: ASCOM, prefeitura de LEM
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades