Notícias

19
Nov/14

Em nota, vereador Eltinho explica o porqu de votar contra doao de rea para a UFOB

Nós vereadores devemos fazer o melhor para os alunos e para o povo de Luís Eduardo Magalhães; não podemos instalar a universidade em LEM e ao mesmo tempo impor barreiras entre ela e o estudante. O que vejo nesse projeto é um mero favorecimento entre prefeito e empresário para aceitação de uma área a mais de 10km de distância da sede do município.

É uma área viciada ou seja, acarretando encargos a doação do particular para o município deveria passar pela câmara, além do mais, não teve uma audiência pública para tratar da área, e se quer edital publicando um interesse do município em adquirir uma área, já levaram a comissão da UFOB direto a uma única área, cujo, em questão, sem se quer nortear o princípio da livre concorrência da lei de licitação.

Dizer que o projeto tem dois meses para análise de vereador "é mentira" porque eu e alguns vereadores só fomos saber do mesmo na sexta-feira, 4 dias antes da primeira votação.

Tanto o executivo, o legislativo e a reitoria, precisam analisar o melhor para os estudantes e munícipes e não somente para a UFOB. Porque se esse projeto fosse aprovado daríamos um duro GOLPE no município de LEM, Vejamos:

Nós temos que pensar também nos Serviços que o município irá prestar naquela localidade, como: Infraestrutura; segurança; saneamento básico; limpeza urbana e escolas.

Falta o essencial nos nossos bairros, como por exemplo, a Cidade Universitária que não tem uma escola, e o prefeito aprovou mais dois loteamentos logo depois e, depois a cerca de mais 5 km agora querem implantar a UFOB, se isso acontecer onde iremos parar com tanta expansão?

Quando digo um grande golpe no município, me refiro aos outros bairros, como vai ficar se esse projeto for aprovado? Os olhos do prefeito e os recursos públicos estarão voltados pra lá, e o Santa Cruz, o Florais Léia, o Mimoso 1 e 2, o Jardim das Acácias, já estão ruins agora vão ficar pior se esse projeto aprovar.

Se surgiram novas áreas por que não analisar? Cabe os poderes e a reitoria decidir juntos, ou não somos um poder? As áreas em questão não vão onerar tanto o executivo, nem beneficiar ninguém, e que beneficie desde que coloca também os interesses dos alunos e do povo também em questão.

Att. Vereador Eltinho

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Resposta
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades