Notícias

05
Nov/14

Resumo da sesso de ontem, 04, da cmara de vereadores de LEM

Cabo Carlos

A sessão foi presidida pelo vereador Cabo Carlos e transcorreu dentro da normalidade. Os vereadores Zezé da Farmácia e Jarbas Rocha faltaram.

Um sentimento de cobrança tomou conta dos parlamentares de situação que cobraram entre muitas coisas atenção do prefeito aos projetos e indicações, bem como a execução de leis elaboradas, votadas e aprovadas no legislativo. 

Reinildo Nery 

O vereador Reinildo Nery deixou claro que, com o orçamento que o município tem, o prefeito deve sim ser cobrado:

“Vamos parar com esse negócio de cobrar o mínimo do prefeito, parar de cobrar quebra-molas, vamos sim cobrar coisas pequenas, mas temos que cobrar e exigir que o prefeito faça o máximo, faça tudo que tenha que fazer, pois com tudo que ele tem nas mãos ele tem que fazer o máximo pelo município”.

Renildo Nery ainda denunciou uma prática que vem incomodando moradores do Loteamento Jardim das Oliveiras:

“Tomei conhecimento e pessoalmente confirmei que estão dispensando próximo as chácaras que ficam aos fundos das Oliveiras dejetos de fossas, esses caminhões que fazem limpeza de fossas foram flagrados por mim mesmo jogando os dejetos em local inadequado”. 

Vôga Pelissari

Mais uma vez o vereador Vôga Pelissari cobrou providências do município com relação aos moradores de rua que estão ocupando há meses a Praça Sergio Alvim Mota:

“Fiz essa mesma cobrança aqui meses atrás, mas nada foi feito, mais uma vez peço, vamos fazer alguma coisa, pois a praça central está se transformando em uma mini cracolândia, ou fazemos algo agora, ou vamos chorar sobre o leite derramado; por ali diariamente passam famílias, alunos, fiéis da igreja católica, todos tendo que conviver com o mau cheiro e o uso de entorpecentes; não é apenas retirar essas pessoas dali, mas ampará-las e ajudá-las de alguma maneira”.

Alaídio Castilho

O vereador Alaídio Castilho cobrou a execução da Lei do Silêncio, lei que regulamenta entre muitas outras coisas, o horário de fechamento dos bares:

“Gente, existe uma lei do silêncio aqui em nossa cidade, por que o prefeito não cumpre? É por que a lei é de minha autoria? Se esse for o problema está resolvido, não precisa nem dizer que a Lei é minha, só cumpra, pois evitaríamos muitos problemas, como homicídios, brigas, problemas com menores, em fim”.

Alaídio destacou também, o que chamou de descaso por parte do executivo para com os vereadores da base:

“Os vereadores de situação pedem clemência ao prefeito atrás de alguma coisa, ora, se ele não dá moral nem pra base, imagina para oposição”. 

Eltinho

O Vereador Eltinho pediu mais sinalização em duas ruas do Bairro Santa Cruz:

“Peço que sinalize melhor as Ruas Ibititá e Irecê, Bairro Santa Cruz, pois não sabemos qual o sentido correto de ambas; e mais, peço um trabalho mais intenso da SUTRANS, que por várias presenciei carros parados só esperando alguém cometer um erro para poder multar”. 

O vereador ainda pediu mais uma vez ao executivo o cumprimento da lei que obriga as unidades de saúde a fixar placas que informe os profissionais que estão atendendo; já são 6 meses e nada da lei ser executada. 

O vereador Claudionor mais uma vez trouxe números do TCM: Empresa de ônibus de LEM recebe R$ 2.620,610,92 por ano

“Estive no Tribunal de Contas dos Municípios e lá constatei que uma empresa de ônibus, denominada Rena Turismo recebe anualmente R$ 2.620,610,92 (Dois milhões, seiscentos e vinte mil, seiscentos e dez reais e noventa e dois centavos), isso dá uma média de R$ 7.000,00 por dia, é muito dinheiro para pouco trabalho, sinceramente não vejo essa empresa prestando tanto serviço que justifique esse valor”.

Fonte:Fonte: Blog do Nei Vilares - www.neivilares.com.br
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades