Notícias

30
Out/14

Presos da cadeia de LEM recebem atendimento mdico

Preso recebendo medicação

Preso sendo avaliado

Preso recebendo soro

Enfermeiros trabalhando

Dr. Leonardo e a equipe médica que trabalhou hoje na delegacia

A secretária municipal de saúde, através da Vigilância Epidemiológica e Promoção da Saúde, em parceria com a polícia civil e com o apoio da polícia militar, realizou na manhã desta quinta-feira, 30, realizou um atendimento médico especial aos presos da cadeia pública de LEM.

As ações e os serviços de saúde definidos pelo Plano Nacional de Saúde no Sistema Penitenciário são consoantes com os princípios e as diretrizes do SUS. O objetivo foi proporcionar Mais Saúde (Direito de Todos), no sentido de promover ações de saúde no sistema prisional para todas as pessoas privadas de liberdade. 

O atendimento contou com dois médicos - Dr. Itamar Barros e Dr. Claudinel Magio – dois técnicos de enfermagem para administração de medicação – (Assis e Joilson) -  dois técnicos para coleta de exame laboratorial parceria feita com o Laboratório São Camilo, a enfermeira da Vigilância Epidemiológica Fernanda de Souza, as gerentes da Promoção em Saúde Mariuza Aparecida e Jurema Florêncio e Dr. Thiago Maia, o presidente do colegiado das diretorias da secretária de saúde.

Foram examinados 46 pessoas, realizados 33 exames laboratoriais e 29 medicamentados. Cerca de 15 presos se recusaram a receber o atendimento médico.

Enfermeira Fernanda fala do trabalho de sua equipe na manhã de hoje na delegacia. 

Não se pode suprir o direito fundamental de atenção à saúde daqueles que já estão privados de liberdade, inclusive para os presos provisórios. A luta pelos direitos humanos e cidadania das pessoas privadas de liberdade vem se fortalecendo a cada ano. Por isso a Secretária de Saúde agradece e parabeniza toda a equipe envolvida, pela parceria e principalmente pelo empenho.

Em entrevista ao repórter Sigi Vilares, no programa Mundial Notícias, da Rádio Mundial FM, a enfermeira Fernanda de Souza, falou da importância de levar o atendimento médico aos presos. "Todos têm direito a saúde e com eles não é diferente; sem contar que quando o atendimento vem até eles isso impedi que no futuro próximo eles venham precisar do atendimento na UPA. Quando isso acontece é necessário todo um aparato policial e ainda quando eles chegam numa unidade de saúde eles são atendidos na hora, pois a polícia não pode esperar. Com esse trabalho nós cuidamos da saúde deles aqui evitando que algum mal ocorra e que eles venham precisar sai daqui para receber o atendimento médico", disse ela.

O delegado Leonardo Almeida aprovou o trabalho. "Fernanda disse tudo. Esse belo trabalho só vem nos ajudar. Agradeço a secretaria municipal de sáude, na pessoa de Sergio Verri, por esta manhã de saúde aqui na delegacia.

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades