Notícias

22
Out/14

Resumo da sesso de ontem, 21, da cmara de vereadores de LEM

Cabo Carlos

A sessão realizada na noite de ontem, terça feira, 21, na Câmara de Vereadores de LEM foi tranquila e contou com a presença dos 14 parlamentares.

Sob o comando de Cabo Carlos, os trabalhos transcorreram dentro da normalidade. Na ordem do dia foram colocados para apreciação do nobres vereadores seis projetos de lei e dois de resolução. Todos aprovados com unanimidade, inclusive o que foi barrado a semana passada por alguns vereadores.

Projeto barrado semana passada

Na semana passada, dia 14, foi para votação o projeto de lei n° 002/2014 de autoria do poder executivo que autorizava a doação dos lotes de 01 a 12 das quadras A,B,C,D, E, com uma área total de 9.847,30m², lotes esses que ficam no Loteamento Solar Santa Cruz de propriedade do município; os lotes seriam doados ao Programa Habitacional de Interesse Social com a interveniência da Caixa Econômica Federal.

Dois vereadores (Guinho e Renildo) da situação pediram vistas e o projeto não foi votado, mesmo tendo passado pelas mãos da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), a comissão é composta por três vereadores, Vôga Pelissari, Mardonio da Rocha e Claudionor Machado, inclusive o terceiro citado é de oposição e deu parecer favorável ao projeto e na sessão retrasada disse não entender o porquê do pedido de vista dos nobres colegas.

Já os vereadores Ginho e Renildo disseram que pediram vistas por não terem entendido totalmente o projeto, por isso adiaram por uma semana a votação.

Já na noite de ontem foi aprovado por unanimidade.


Eric Café

De volta a casa o em sua segunda sessão após assumir a cadeira que era do vereador Ondumar Marabá, o vereador Eric Café indicou ao prefeito municipal que providenciei a construção de um local fechado para a prática de esportes como Skate e outros, a estrutura seria coberta e com arquibancadas. O vereador indicou ainda ao executivo que disponibilize um local para a prática de Som Automotivo na cidade. Ao defender essa indicação o vereador Erik Café disse: “Os amantes de som automotivo existem e não podemos fingir que não, é preciso direcioná-los para um local que possam curtir sua paixão sem que prejudiquem a terceiros e não sejam penalizados”.

Claudionor Machado visitando o colégio

O vereador Claudionor Machado levou ao plenário os problemas encontrados em vários prédios públicos de LEM dentre eles o prédio da Escola Amabílio Vieira, no bairro Santa Cruz.

Indignado o vereador convocou os colegas vereadores a também visitarem os prédios públicos e ver de perto quais estão em situação de uso e quais estão em abandono. Claudionor Machado ressaltou o fato do município ter um contrato com a empresa (Soluções Manutenção Predial Eireli - ME) na ordem de ‘dois miilhões e oitocentos mil reais justamente para a reformas de prédios públicos. “Quais são os prédios que estão sendo reformador ou passaram por reformas?”, Indagou o vereador. 

Katerine Rios

Katerine Rios, se mostrou indignada com o projeto de duplicação da BR 242 e principalmente com o numero altíssimo de acidentes que vem ocorrendo no entorno do canteiro de obras e convocou todos os vereadores a se unirem contra a forma que os contornos estão sendo feitos. 

Vôga Pelissari destacou a importância da pavimentação da Avenida Brasília que vai facilitar o acesso aos Bairros Mimoso I, II e II, e por sua vez desafogar o movimento das ruas Pará e Paraíba que hoje concentra toda a movimentação tanto sentido centro como no sentido contrário aos bairros citados e principalmente possibilitar um melhor acesso a UPA. 

Alaídio Castilho

O Gerente Operacional da SUTRANS, Edson Campos foi elogiado pelo vereador Alaídio Castilho de Moura. 

Para Alaídio, Edson está de parabéns por trazer para Luís Eduardo Magalhães o desenvolvimento no que se refere a trânsito. Edson em parceria com a Escola Baiana de Transito traz ainda esse ano para Luís Eduardo Magalhães uma filial da Escola que vem formando milhares de alunos em todo estado no setor de trânsito.

Como parte da oposição Alaídio não poderia deixar de alfinetar o executivo e encerrou a sua fala com a seguinte frase: “Na prefeitura tem tanta gente ruim que quando aparece um bom como Edson é digno de elogios”.

E foi de autoria do Vereador Alaídio Castilho o Projeto N° 059/2014 projeto esse que Declara de Utilidade Pública a Associação Musical Filantrópica de Seropédica – AMFISER. Projeto esse que foi aprovado por unanimidade.

 

A sessão encerrou-se com música, a orquestra comandada pelo Maestro David Monteiro após ser aprovada a lei que declarou de utilidade pública a ASSOSSIAÇÃO MUSICAL FILANTRÓPICA DE SEROPÉDICA- AMFISER fez todos se emocionarem com a boa música.

Fonte:Blog do Sigi Vilares/Reprteres Naldo Vilares e Nei Vilares/www.sigivilares.com.br
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades