Notícias

07
Dez/12

nico

Boa noite mestre, agora que o senhor cerrou os seus olhos para deixar-nos e entrar em definitivo na eternidade, cabe a nós, que permanecemos lhe desejar um caminho vitorioso junto ao Pai, ainda que não acredites..

Mestre o senhor tornou a palavra comunista mais doce ao aplicar corretamente o sentido literal, tornar comum, de direito a todos e em todas as suas palavras, em particular quando questiona o fim de sua obra maior, Brasília, a preocupação com o social estava evidente. O que seriam dos candangos que construíram a capital?

O senhor durante seus 104 anos de vida demonstrou claramente que a poesia não estava no concreto frio, mas sim na sinuosidade das curvas, na elegância das retas, no amor e dedicação ao novo.

Quantos homens no mundo puderam se orgulhar de bater no peito, com o ufanismo a meia boca, e dizer que construíram uma cidade do zero? O senhor pode, afinal projetou, acompanhou, assistiu e permitiu que a nossa capital ficasse como única na humanidade. Lucio Costa trabalhou, Juscelino sonhou, mas o senhor projetou.

A igreja da Pampulha, seu ponto de partida para a nova arquitetura, teve que esperar 15 anos para ser considerada igreja. Um tempo perdido que o mundo não perdoa, e jamais esquecerá.

Quanta virtude trazida no interior de uma poesia que se define por si mesma, que realça o belo sendo simples, humilde, sincera e honesta, existe, por simplesmente existirem.

Se Deus, em sua infinita glória e majestade, chamou-o para sua morada, a qual nossos corações pedem que lá esteja, algo novo ocorrerá na arquitetura universal, quem sabe assim se confirme ou o fim do mundo ou o fim de uma ordem, de uma era.

Com o senhor encerra-se uma epopéia que é marcada pela compreensão de que o belo é simples, tracejado em curvas e retas, que acentuam-se em Brasília, no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Paris, e outras tantas.....

Chegastes ao fim, ou seria um novo começo? Agora irás planejar para Deus, pois a nós mortais não teremos mais as tuas linhas, só as lembranças, só a saudade e a certeza de que passastes uma bela e rica temporada conosco, que jamais será esquecida, até porque Mestre Oscar Niemeyer, fostes ÚNICO!

ESTA É MINHA OPINIÃO!!
Dr. Mário Machado

Fonte:Blog do Sigi Vilares
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades