Notícias

19
Mai/14

Expedio VEJA: Lus Eduardo Magalhes, o segredo est no nome


Ex-Mimoso do Oeste, lugar só ganhou status de cidade depois de adotar o nome do filho do poderoso ACM

A cidade de Luís Eduardo Magalhães (BA) deve muito a seu nome. Antes conhecida como Mimoso do Oeste, apesar de já se destacar economicamente, encontrava-se esquecida pela vizinha Barreiras, de quem foi um distrito até o ano 2000. “A população decidiu homenagear o recém-falecido filho do então governador Antônio Carlos Magalhães para aumentar as chances de emancipação”, conta o prefeito Humberto Santa Cruz (PP). A tática deu mais do que certo: Luís Eduardo Magalhães ganhou status de cidade e passou a crescer como tal.

Depois de 543 quilômetros de viagem, o ônibus da expedição VEJA chegou a Luís Eduardo Magalhães, às 19 horas desta segunda-feira. É impossível caminhar pela via mais movimentada da cidade -- a rodovia BR-020--, sem ver dezenas de caminhões carregados de soja, milho e algodão. Na última década, as exportações de grãos cresceram mais de 1700% e hoje já são superiores a 2,6 bilhão de reais. De cada 100 reais produzidos no campo pela Bahia, três saem das fazendas de Luís Eduardo Magalhães.

Além disso, depois da emancipação, a cidade se consolidou como a principal referência comercial do Mapitoba – nova fronteira agrícola, que mais cresce em área plantada no país e que reúne o sul do Maranhão e do Piauí, o nordeste do Tocantins e o oeste baiano. Produtores dos quatro estados vêm à cidade comprar tratores, insumos agrícolas e negociar seus produtos. A Agrosul, por exemplo, por mais de uma vez chegou a ser a concessionária da fabricante de máquinas agrícolas John Deere que mais vendeu no Brasil.

Não é só na economia que Luís Eduardo Magalhães se destaca. A riqueza gerada pela soja e pelo algodão fez com que o município atraísse milhares de migrantes de todo o país e se tornasse a cidade que mais cresce em população no Brasil. Desde que se tornou município, em 2000, o número de habitantes passou de 18 000 para mais de 80 000 habitantes. 

O ônibus da expedição VEJA estará na praça Sérgio Alvim Motta a partir das 9 horas desta terça-feira. Tem algo a dizer sobre o crescimento de Luís Eduardo Magalhães? Converse conosco nas redes sociais utilizando a hashtag #expedicaoveja.

Fonte:Da Revista Veja
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades