Notícias

13
Jan/21

Anselmo Brando confirma que vai para a reserva aps deixar comando-geral da PM

Em seu último discurso como comandante-geral da Polícia Militar, o coronel Anselmo Brandão confirmou que vai se aposentar agora que já ocupou o cargo mais alto da corporação baiana.  "Encerro minha jornada na PM, mas estou pronto para servir a sociedade baiana em novos desafios", afirmou durante a cerimônia de posse do novo comandante, coronel Paulo Coutinho, na manhã desta quarta-feira (13).

Durante sua fala, Brandão exaltou o que considera como alguns de seus feitos ao longo dos seis anos em que viveu o "sonho" de ser comandante-geral. "Preservei a ordem pública e o respeito à PM-BA. (...) Dinamizamos, com seu apoio, o processo de promoção, que era uma aflição dos policiais. Fizemos 20.950 promoções de praças e 2.309 promoções de oficiais", elencou.

Para ele, um dos principais destaques da sua gestão foram as operações especiais realizadas em eventos como o Carnaval de Salvador e o São João. No caso específico da folia momesca, ele classificou o trabalho da PM como uma "marca da gestão". 

Além disso, Brandão destacou os projetos das Bases Comunitárias e da Ronda Maria da Penha; a criação das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope); e as reformas da Vila Militar, do Hospital da PMBA e do Quartel do Comando Geral. "Aumentamos significativamente o número de prisões, de apreensões, TCOs. Jamais o crime vai dominar a Bahia. Isso é questão de honra", frisou.

O cargo foi transmitido para Coutinho ao longo da cerimônia, realizada na Vila Militar, em Salvador. O governador Rui Costa (PT) é uma das autoridades presentes.

Fonte:Bahia Notcias
()
  Curta nossa pagína
  Publicidades