.:: Blog do Sigi Vilares ::.
   
Notícias
01
07 / 13
Moradores do Novo Paraná enterram comerciante e protestam na BR 020

Moradores fecham rodovia BR 020 e exigem presença do secretário municipal de segurança.


Os moradores saíram em protesto pelas ruas do povoado




Os moradores alegam que o Novo Paraná só é lembrado pelas autoridades na época das eleições






Os manifestantes em frente ao mercado de Ines Klein, morta no sábado


O cortejo fúnebre rumo ao cemitério




No cemitério, a dor da despedida


Após o sepultamento da comerciante, os moradores fecharam a BR 020 por duas horas e meia




Ninguém passava pelo bloqueio




Homem preso ao sacar uma arma para os manifestantes


O secretário municipal de segurança de Luís Eduardo Magalhães, Marcos Alecrim, foi cobrado duramente pelos moradores do Novo Paraná

Na manhã desta segunda-feira, 1º, os moradores da comunidade do Novo Paraná, em Luís Eduardo Magalhães, deu seu último adeus a Inês Klein, comerciante de 34 anos assassinada a facadas na noite do ultimo sábado, 29 de junho.

O dia começou com uma missa às 7h30 na igreja local. Por volta das 8h30, os moradores seguiram em um cortejo fúnebre até o cemitério e se despediram  da comerciante.

Em meio à dor e o sentimento de luto, o povo não se abateu e ali mesmo no cemitério iniciou os protestos. Com faixas e cartazes, a comunidade pedia mais segurança e o cumprimento das promessas feitas por candidatos em época de campanha eleitoral.

A frase “Será que nossos votos valem mais que nossas vidas?” foi a mais ecoada durante a manifestação.

Em uma rápida parada em frente ao mercado de Inês, os manifestantes homenagearam mais uma vez a comerciante. “Não é possível um pai enterrar um filho. Minha filha veio do Paraná para morrer nas mãos dos bandidos aqui. O Brasil é o único país em que os marginais são mais valorizados que cidadãos de bem”, lamentou Roque Klein, pai de Inês.

Por volta das 9h, a BR 020 foi bloqueada com pneus e veículos. Os manifestantes exigiram a presença do secretário municipal de segurança, o vice-prefeito Marcos Alecrim. Caso contrário, a rodovia ficaria o dia todo fechada.

Atendendo ao pedido dos moradores, o vice-prefeito e secretário de segurança Marcos Alecrim foi até a comunidade dar uma satisfação aos moradores. “Conversei há poucos dias com o comandante do 10º BPM e ele me garantiu mandar uma viatura para Luís Eduardo para que possa fazer rondas ostensivas aqui no Novo Paraná. Mas só vamos realmente suprir essa necessidade de segurança quando conseguirmos a independência da 5º CIA de LEM. Aí sim teremos condições de colocar policiais 24 horas dentro da comunidade; garantindo assim o direito de ir e vir e, assim, dar mais segurança para os moradores”, declarou Alecrim.

A BR 020 foi liberada às 11h30 e a comunidade seguiu imediatamente para uma reunião com o vice-prefeito no clube local.
Os moradores alegaram que a promessa feita por Alecrim, de mandar a guarda municipal todas às noites para o Novo Paraná, só foi cumprida durante uma semana.

Susto


Durante a manifestação, um motorista de uma caminhonete foi detido pelos moradores após sacar uma arma e ameaçar os manifestantes que chamaram a polícia militar. O condutor do carro foi conduzido para a delegacia de polícia.

Repórter Nei Vilares/Blog do Sigi Vilares  
 
(21)

 
Online


  Publicidade
 

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/wwwsigiv/public_html/index.php on line 436
© 2013 www.sigivilares.com.br
 
Todos os direitos reservados